Bernard Arnault, dono da Louis Vuitton ultrapassa Elon Musk como homem mais rico do mundo

Bernard Arnault, presidente da LVMH, gigante de artigos de luxo que inclui marcas como Louis Vuitton e Sephora, desbancou Elon…

Publicado por
09:50 - 29/01/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Bernard Arnault, o homem mais rico do mundo

Bernard Arnault, presidente da LVMH, gigante de artigos de luxo que inclui marcas como Louis Vuitton e Sephora, desbancou Elon Musk e voltou a ser o homem mais rico do mundo.

O patrimônio de Arnault saltou para US$ 207,8 bilhões, impulsionado por um aumento de US$ 23,6 bilhões em um único dia, após a LVMH reportar fortes vendas no primeiro semestre de 2024. As ações da empresa subiram mais de 13% na sexta-feira (26/01).

Com isso, Bernard Arnault superou o patrimônio de Musk, que está em US$ 204,5 bilhões, segundo a Forbes. A Tesla, empresa de Musk, enfrenta um período turbulento no mercado de ações, com queda de 26,5% no mês, levando Musk a perder mais de US$ 18 bilhões em seu patrimônio líquido.

Bernard Arnault, o homem mais rico do mundo

A história de Bernard Arnault

Arnault nasceu em Roubaix, França, em 1949. Formou-se na École Polytechnique, uma das principais escolas de engenharia da França. Depois de se formar, Arnault ingressou na empresa de construção civil do pai. No entanto, ele logo se interessou pelo mundo dos negócios e, em 1971, ingressou na empresa de artigos de luxo Ferragamo.

Em 1981, Bernard Arnault tornou-se CEO da Financière Agache, uma empresa de investimentos francesa. Ele então começou a adquirir participações em empresas de luxo, incluindo Christian Dior, Louis Vuitton e Moët Hennessy. Em 1987, Arnault orquestrou a fusão da Louis Vuitton com a Moët Hennessy para criar a LVMH.

Sob a liderança de Arnault, a LVMH se tornou um gigante global de artigos de luxo. A empresa possui mais de 70 marcas, incluindo Louis Vuitton, Dior, Givenchy, Fendi, Bulgari e Tiffany & Co. Arnault é conhecido por sua perspicácia para negócios e por sua capacidade de identificar e desenvolver marcas de luxo. Ele também é um defensor das artes e da cultura e tem sido um grande benfeitor de museus e instituições de arte.

Bernard Arnault é uma figura controversa. Ele tem sido criticado por suas táticas de negócios agressivas e por seu foco implacável na lucratividade. No entanto, ele também é admirado por seu sucesso e por sua contribuição para a indústria do luxo.

Clique  aqui para mais notícias

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp