Homem é condenado a 18 anos de prisão por feminicídio em Bento Gonçalves

Crime ocorreu em 2021 e foi considerado como duplamente qualificado pelo júri

Publicado por
21:36 - 06/07/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Crime ocorreu na casa onde o casal morava, em 2021 (Foto: Brigada Militar/Divulgação)

Em júri realizado nesta quinta-feira (6) na 1ª Vara Criminal de Bento Gonçalves, Andreo Rodrigues da Silva foi condenado a 18 anos e 8 meses de prisão, pelo assassinato de uma mulher, de 35 anos, com quem tinha um relacionamento. O feminicídio, cometido a facadas, ocorreu em dezembro de 2021.

O júri entendeu que o feminicídio caracterizou-se como duplamente qualificado, por asfixia e meio cruel. O acusado, de 24 anos, confessou que sufocou a vítima com as mãos e depois usou uma faca, matando-a com golpes no pescoço. O crime foi praticado após uma discussão, na casa onde o casal morava há pouco tempo.

O Corpo de Jurados foi formado por três homens e quatro mulheres. O réu, que já se encontrava preso, permanecerá em regime fechado. Ele pode recorrer da decisão.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp