Exército faz resgates noturnos de pessoas e recolhe animais em Porto Alegre

Ações se concentram no bairro Sarandi e outros bairros da Zona Norte

Publicado por
18:30 - 07/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Exército Brasileiro atua no resgate de pessoas e animais na região metropolitana (Foto: Felipe Uhr / CP)

Exército Brasileiro atua no resgate de pessoas e animais na região metropolitana (Foto: Felipe Uhr / CP)

Após as enchentes que causaram enormes danos em várias regiões do Rio Grande do Sul, o Exército Brasileiro desencadeou a Operação Taquari 2, para ajudar as comunidades afetadas.

Uma das principais áreas de atuação tem sido os resgates noturnos, onde militares da Engenharia do Exército têm evacuado áreas inundadas, como no bairro Sarandi, em Porto Alegre. Esses resgates são essenciais para garantir a segurança dos moradores em situações de emergência.

Além disso, uma demanda importante tem sido o resgate de animais domésticos. Junto com voluntários, os militares têm se dedicado a localizar e resgatar animais que ficaram presos ou foram deixados para trás durante a evacuação das áreas alagadas. A necessidade de locais provisórios para abrigar esses pets é urgente, demandando espaços adequados para acomodá-los de maneira segura e confortável.

Outra frente das operações se concentra no transporte aéreo de suprimentos, com especial destaque para a distribuição de água potável em regiões remotas, como Eldorado do Sul. Segundo a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, as centrais de doação estão urgentemente demandando água potável.

Reforço na segurança
O governador Eduardo Leite anunciou ainda através de suas redes sociais o reforço da segurança na região metropolitana, com a chegada iminente de 100 homens da Força Nacional, seguidos posteriormente por mais 300, visando conter os saques e roubos que continuam a ocorrer, inclusive com invasões à Arena do Grêmio e saques em diversos pontos da região. Mesmo com estrutura da Brigada Militar nas ruas, a conscientização da população sobre a gravidade da situação e a importância da solidariedade tornam-se essenciais neste momento crítico.

Leia também:

Animais atingidos pelas chuvas em Caxias do Sul são abrigados por ONGs e Semma

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp