Em Goiás, mulher morre 30 minutos depois do marido ao presenciar seu infarto

Genismar e Cleonice Fernandes morreram às vésperas de completar 35 anos de casamento

Publicado por
17:05 - 23/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Em Goias, mulher morre 30 minutos depois do marido ao presenciar seu infarto. (Foto: Arquivo Pessoal)

Em Goias, mulher morre 30 minutos depois do marido ao presenciar seu infarto. (Foto: Arquivo Pessoal)

O casal Genismar e Cleonice Fernandes, residentes de Corumbá, município de Goiás (GO), faleceu na sexta-feira (19), em circunstâncias que estão comovendo a todos. A história ganha ainda mais comoção pelo fato de ambos terem morrido com apenas meia hora de diferença um do outro, às vésperas de completarem 35 anos de casamento.

Genismar e Cleonice, que sofriam de hipertensão e diabetes, estavam sob acompanhamento médico, sendo que Genismar havia realizado um check-up completo recentemente, no qual não foram constatadas alterações em sua condição.

Segundo relato de Gheovanna Fernandes, 30 anos, filha do casal e secretária municipal de turismo, Genismar começou a se sentir mal na sexta-feira, quando teve um infarto. Gheovanna explicou o ocorrido: “Naquela noite, meu pai chegou em casa por volta das 22h30, tomou banho, jantou e conversamos um pouco antes de nos despedirmos e irmos dormir. Por volta de 2 horas, eu e meu irmão fomos acordados pela minha mãe, que batia na porta do quarto desesperada, pedindo ajuda porque meu pai estava caído no chão“.

Os filhos prestaram socorro, com orientações de uma médica do SAMU que estava ao telefone. Enquanto isso, Cleonice também começou a passar mal e foi levada para o hospital pelos outros dois filhos.

Gheovanna conta que ambos foram levados ao hospital, mas receberam a trágica notícia do falecimento de Genismar, que ocorreu com cerca de 30 minutos de diferença entre um e outro. Ela destacou que, durante o breve tempo em que sua mãe esteve consciente, ficou evidente que ela não conseguiria viver sem ele.

O casal, que começou a namorar na adolescência, foi o único relacionamento um do outro. No domingo (21), a família faria um grande almoço para celebrar os 35 anos de casamento dos dois.

(Fotos: Arquivo Pessoal)

Gheovanna finalizou suas palavras afirmando que “a história deles é tristemente bela para nós, repleta de dor, mas também de uma beleza rara. No matrimônio, prometeram amor até que a morte os separasse e nem mesmo a morte conseguiu cumprir essa promessa“.

Com informações de UOL.

Goiás

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp