Projeto prevê instalação de 14 mil lâmpadas em Led e 100 câmeras de vigilância

0
183
Iluminação para melhorar a segurança (Foto: divulgação)
Iluminação para melhorar a segurança (Foto: divulgação)

Nos primeiros meses de 2019 Bento Gonçalves deve colocar em prática o projeto que visa implantar 14 mil lâmpadas e em Light Emitting Diode (Led) ou diodo emissor de luz e 100 câmeras de vigilância. O projeto não terá custo ao município e se dará por Parceria Público Privada (PPP).

Atualmente, o projeto está na fase de Manifestação de Interesse Público (Mit) que autoriza a Companhia Paulista de Desenvolvimento (CPD) coordenar o estudo, elaborar o projeto para que o município lance o edital, em um tempo estimado de 60 dias.

Conforme o Secretário de Desenvolvimento de Bento Gonçalves Silvio Bertollini Pasin, a partir do edital será fomentado o consórcio de participantes e a empresa vencedora, nos primeiros anos de execução do contrato, fará a troca gradativa de todo o sistema de iluminação pública, luminárias, reatores e substituição por lâmpadas em Led.

O programa de tele gestão do sistema permite mapear o ponto de luz em tempo real, garantindo maior eficiência na reposição ou reparos. Caso seja detectada ineficiência no serviço o pagamento será glosado”, afirma.

Os recursos para pagar a empresa são da própria Contribuição da Iluminação Pública (CIP) paga pelos contribuintes na conta de energia elétrica, cuja arrecadação, continuará no controle do município.

Segundo Betollini a partir de 2019 será feita uma correção na tabela da CIP que se tornará, socialmente, mais justa sendo calculada em faixa de consumo e por categoria residencial, comercial ou industrial.

Não é justo que um consumidor com perfil industrial, por exemplo, que possua 8 pontos de iluminação pública na extensão do seu estabelecimento pague o mesmo valor de um consumidor residencial que consome 50kw/mês de energia e possua um único ponto de luz em frente a sua casa”, ressalta.

As lâmpadas em Led aumentam em 30% a resolução de iluminação. Bento Gonçalves que conta hoje com 37 câmeras, será a primeira cidade do Estado a implantar um sistema com câmeras de vigilância inserido na própria lâmpada. O sistema permite a remoção do dispositivo para os pontos de maior necessidade de monitoramento e é imperceptível aos criminosos.

Outra novidade segundo o secretário, é a implantação de sinaleiras inteligentes que reagem por sensor, ao calor do veículo, abrindo o sinal e evitando que o condutor tenha de parar à noite e se expor a roubos. Praças e logradouros poderão uma iluminação adequada a cada ambiente.

COMPARTILHAR

LEAVE A REPLY

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.