Polícia divulga nomes das mulheres mortas em operação da PF, em Cristal

3
3421
Foto: Reprodução

A polícia divulgou na tarde desta quarta-feira (17), o nome das duas mulheres mortas, durante operação realizada na estrada do Palanque, a RS-354, em Cristal. Aline Schmidt Pirola, de 25 anos, e Daniela Weisemann, de 35 anos, ambas de Lajeado.

O filho de Daniele de 4 anos está internado em estado grave com três ferimentos de armas de fogo e a filha de dois anos de Aline que estava em um dos carros alvejados por tiros, foi entregue aos avós maternos, no começo da tarde de hoje.

De acordo com a prefeita de Cristal, Fábia Richter, o Conselho Tutelar de Lajeado autorizou a entrega da criança aos avós. A menina estava em uma unidade de saúde. Ela foi encontrada no local onde ocorreram os disparos, em estado de choque e com escoriações na testa. A prefeita, que é enfermeira, participou do resgate.

NOTA OFICIAL DA POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal informa que, no final da noite dessa terça-feira (16/07), policiais entraram em confronto com criminosos que tinham por objetivo o resgate dos responsáveis pelo ataque a banco ocorrido no dia 06 de julho, em Dom Feliciano.

Policias federais do GPI (Grupo de Pronta Intervenção), após receberem informações da possibilidade de resgate, montaram barreiras na rodovia no município de Cristal. Dois veículos furaram a primeira barreira e, na segunda abordagem, houve confronto com troca de tiros.

Duas mulheres morreram, um homem, condenado por homicídio e que estava em prisão domiciliar, e seu filho, ficaram feridos. Foi encontrado e apreendido armamento em um dos veículos.

A Polícia Federal investigava o envolvimento do grupo criminoso por assaltos à Caixa Econômica Federal e a outros bancos. No dia 6 de julho, policiais federais e militares entraram em confronto com os criminosos que atacaram uma agência bancária em Dom Feliciano, com utilização de explosivos. Na oportunidade, a investigação da PF indicava que o assalto ocorreria na região. Desde então, policiais federais e militares estão na busca pelos criminosos.

COMPARTILHAR

3 COMMENTS

  1. Meu deus mesmo eles tentando resgatar os vagos a polícia não deveria ter atirado num carro com criança e tenho certeza que elas não revidarao tenho um policial parente isso foi incherto pois um 38 troca de tiros?brincadeira neh!!!polícia federal 9mm quem vai revisar com. 38?povo burro?

  2. Não basta ser puliça incompetente e despreparada. Tem de ser mentirosa também. São eles que garantem a segurança da população? Imagino o tipo de barreiras que os tontos fizeram que até um Celta conseguiu passar. Se os sem noção tinham certeza que nos veículos tinham criminosos que fariam um resgate de assaltantes, porquê não os seguiram? Porque não atiraram nos pneus? A quem interessou a morte das duas mulheres? E as crianças, puliça covarde…

LEAVE A REPLY