Briga dos subcompactos: Veja as diferenças entre Kwid e Mobi e faça a melhor escolha

Os subcompactos Renault Kwid e Fiat Mobi são dois carros populares que têm chamado a atenção dos consumidores brasileiros. Ambos compartilham…

Publicado por
11:41 - 13/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Briga dos subcompactos

Briga dos subcompactos (Foto: Divulgação)

Os subcompactos Renault Kwid e Fiat Mobi são dois carros populares que têm chamado a atenção dos consumidores brasileiros. Ambos compartilham o título de carros mais baratos do Brasil, mas será que suas semelhanças vão além do preço. Conheça agora as diferenças entre esses dois modelos para ajudar você a tomar uma decisão informada.

Design e Estilo dos subcompactos mais baratos do Brasil

Renault Kwid

Renault Kwid passou por uma renovação em seu design em 2022, adquirindo um estilo mais aventureiro e robusto. Com luzes de condução diurna em LED e uma aparência menos datada, o Kwid consegue passar para o consumidor que é até mais do que realmente é, justamente por esse design de “SUVinho”. O Kwid, principalmente por ter sido modificado recentemente, está um pouco melhor nesse quesito em comparação ao Mobi.

Fiat Mobi

Fiat Mobi, por sua vez, tem uma aparência mais clássica e elegante. Embora também agrade na aparência, o Mobi não passa a mesma sensação de robustez que o Kwid. O Fiat Mobi agrada um pouco mais com sua cabine, apresentando uma mistura de texturas bem inteligente feita pela montadora e um aspecto geral que agrada.

Desempenho e Mecânica

Renault Kwid

O Kwid traz sob o capô o motor 1.0 de três cilindros, que rende até 71 cv e 10 kgfm de torque com etanol. Além disso, o Kwid é 140 kg mais leve que o Fiat Mobi, o que lhe confere vantagem em todas as medições em pista, incluindo aceleração de 0 a 100 km/h, retomadas e frenagens. Também se sai melhor no quesito economia de combustível, registrando 12,1 km/l na média combinada entre estrada e cidade quando abastecido com etanol.

Briga dos subcompactos

Briga dos subcompactos: Renault Kwid

Fiat Mobi

O Fiat Mobi conta com o veterano motor 1.0 de quatro cilindros da linha Fire, com até 74 cv e 9,9 kgfm com o mesmo combustível. Apesar de não ter um desempenho brilhante, o Mobi agrada com sua cabine e oferece uma altura de suspensão mais elevada em comparação à versão Like. No entanto, o Renault Kwid ainda leva a melhor em termos de desempenho e economia de combustível.

Acabamento e Conforto

Renault Kwid

Em termos de construção, o Renault Kwid tem aparência bem menos frágil que a do Fiat Mobi. No entanto, o acabamento é simples e menos refinado. O Kwid segue a receita da Renault, sendo simples demais até para a categoria em que está posicionado.

Fiat Mobi

Fiat Mobi agrada um pouco mais com sua cabine. Há uma mistura de texturas bem inteligente feita pela montadora e, no geral, o aspecto agrada. O Mobi não dá a sensação de aperto lateral, mas é praticamente impossível uma pessoa com mais de 1,80 m ir nos bancos de trás se as pessoas que forem na frente tiverem altura razoável.

 

Briga dos subcompactos

Briga dos subcompactos: Fiat Mobi

Ambos os modelos têm suas vantagens e desvantagens. Se você valoriza um design mais robusto e economia de combustível, o Renault Kwid pode ser a escolha certa. Por outro lado, se conforto e acabamento são mais importantes para você, o Fiat Mobi pode ser a opção ideal. Avalie suas prioridades e faça sua escolha com base no que melhor atende às suas necessidades e preferências

Leia mais artigos automotivos, clique aqui

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp