A maneira certa de fazer o rodízio de pneus e garantir sua segurança e vida útil

O rodízio de pneus é muito mais do que uma simples troca de posição, já que garante um desgaste uniforme…

Publicado por
10:40 - 04/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
A maneira certa de fazer o rodízio de pneus

O rodízio de pneus é muito mais do que uma simples troca de posição, já que garante um desgaste uniforme da banda de rodagem, estendendo a vida útil dos pneus, otimizando o desempenho do carro e, acima de tudo, promovendo a sua segurança nas estradas.

Em resumo, trata-se da troca periódica da posição dos pneus entre os eixos dianteiro e traseiro, de modo a distribuir o desgaste de forma homogênea. Cada eixo exerce funções distintas no veículo, o que resulta em diferentes tipos de desgaste:

  • Eixo dianteiro: responsável pela direção e frenagem, suporta maior carga e tende a sofrer desgaste mais acentuado nas bordas externas dos pneus.
  • Eixo traseiro: suporta o peso do veículo e tem desgaste mais uniforme, principalmente na região central da banda de rodagem.

O rodízio corrige essa diferença, promovendo um desgaste equilibrado e evitando o desgaste prematuro dos pneus, especialmente nas bordas.

A frequência do rodízio de pneus

A periodicidade ideal para o rodízio de pneus varia de acordo com o manual do proprietário do seu veículo e com as recomendações do fabricante dos pneus. Em geral, a frequência recomendada é de a cada 5.000 km a 10.000 km, mesmo que não haja sinais visíveis de desgaste. Lembre-se, consultar o manual do seu veículo é fundamental para obter a orientação específica para o seu carro.

As formas de rodízio dependem do tipo de tração:

Tração dianteira:

  • Método cruzamento dianteiro:
    • Pneus Traseiros: Mudança de eixo e inversão de lado. Traseiro direito para dianteiro esquerdo e traseiro esquerdo para dianteiro direito.
    • Pneus Dianteiros: Manutenção da posição original no eixo traseiro. Dianteiro esquerdo para traseiro esquerdo e dianteiro direito para traseiro direito.
    • Recomendação Especial: Ideal para combater o desgaste acentuado nos pneus dianteiros, comum em carros com tração dianteira.

A maneira certa de fazer o rodízio de pneus

Tração traseira:

  • Pneus Traseiros: Mudança direta para o eixo dianteiro, sem inversão de lado.
  • Pneus Dianteiros: Mudança cruzada para o eixo traseiro. Dianteiro esquerdo para traseiro direito e dianteiro direito para traseiro esquerdo.

Tração nas quatro rodas:

  • Método “X”:
    • Pneu traseiro esquerdo para dianteiro direito.
    • Pneu traseiro direito para dianteiro esquerdo.
    • Pneu dianteiro esquerdo para traseiro direito.
    • Pneu dianteiro direito para traseiro esquerdo.

Veículos com  pneus de medidas diferentes:

  • Recomendação: Consulte o manual do proprietário para obter a configuração específica de rodízio.

Investir no rodízio de pneus é um investimento na sua segurança, no seu bolso e no desempenho do seu veículo. Com um pouco de cuidado e atenção, você garante quilômetros de tranquilidade e economia nas estradas.

Clique aqui para mais artigos

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp