O Inter reencontrou o torcedor na manhã deste domingo no Beira Rio após a derrota na disputa do título da Copa do Brasil, mais de 24 mil torcedores enfrentaram o calor intenso e viram um Inter reagir no segundo tempo e vencer por 1 x 0.
No primeiro tempo o Colorado atacou mais com Wellinton Silva, e foi dele o gol aos 30 minutos que poderia abrir o placar, na jogada Nico López cruzou para o atacante que fica cara a cara com o goleiro catarinense e manda a bola pro fundo da rede, porém o árbitro utiliza o VAR, anula o gol e marca impedimento do jogador Colorado.
No segundo tempo o Inter insistiu novamente e a zaga da Chapecoense cansou e sentiu fortes dores musculares, o estreante Marquinhos Santos como treinador, vindo do Juventude, precisou trocar seus dois zagueiros. O Inter teve mais um gol anulado, desta vez aos 36 minutos, quando Nico cruzou pela esquerda e Parede escora para a chegada de Neílton, que livre, marca o gol, porém o árbitro usa mais uma vez do VAR e e marca a falta de Edenílson em Bruno Pacheco.
O gol colorado vem aos 41 minutos, após cruzamento na área, o goleiro Tiepo faz grande defesa, a bola sobre para Lindoso que de joelho, joga a bola pra dentro das redes. Assim o Inter termina o jogo na quarta posição do Brasileirão e a Chapecoense é a penúltima colocada.
Inter vence a Chape no Beira Rio (Foto: www.internacional.com.br)