A origem dos seis sobrenomes mais usados no Brasil

Os seis sobrenomes mais usados no Brasil representam cerca de 10% da população, demonstrando a forte influência portuguesa na formação…

Publicado por
13:08 - 14/02/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
seis sobrenomes mais usados no Brasil

Os seis sobrenomes mais usados no Brasil - Foto: Freepik

Os seis sobrenomes mais usados no Brasil representam cerca de 10% da população, demonstrando a forte influência portuguesa na formação da nossa identidade. No entanto, a miscigenação e a imigração também contribuíram para a diversidade dos sobrenomes no país, tornando-os um rico mosaico cultural.

Neste artigo, desvendaremos as origens e a representatividade dos seis sobrenomes mais comuns no país, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística):

1. Silva (5.073.774 pessoas)

  • Origem: Provem do latim “silva”, que significa “floresta” ou “selva”. Era um nome atribuído a pessoas que viviam em áreas com grande quantidade de árvores.
  • Representatividade: Aproximadamente 2,4% da população brasileira. É o sobrenome mais comum em Portugal e em diversos países de língua portuguesa.

2. Santos (4.308.010 pessoas)

  • Origem: Possíveis origens:
    • Devoção a Nossa Senhora dos Santos.
    • Localidade de origem, como “Vila dos Santos”.
    • Homenagem a um santo padroeiro.
  • Representatividade: Aproximadamente 2% da população brasileira. É o segundo sobrenome mais comum em Portugal.
Os seis sobrenomes mais usados no Brasil - Foto: Freepik

Os seis sobrenomes mais usados no Brasil – Foto: Freepik

3. Oliveira (3.727.743 pessoas)

  • Origem: Refere-se à oliveira, árvore símbolo de paz e abundância. Era comum associar esse nome a pessoas que viviam perto de olivais.
  • Representatividade: Aproximadamente 1,7% da população brasileira. É um dos sobrenomes mais comuns em países como Espanha e Portugal.

4. Souza (2.630.114 pessoas)

  • Origem: Possíveis origens:
    • Nobre família portuguesa.
    • Localidade de origem, como “Souto” ou “Souto de Lafões”.
    • Derivação do sobrenome “Sousa”.
  • Representatividade: Aproximadamente 1,2% da população brasileira. É um sobrenome frequente em países de língua espanhola como Argentina e Uruguai.

5. Rodrigues (2.304.445 pessoas)

  • Origem: Patronímico, derivado do nome Rodrigo. Indica descendência de alguém com esse nome.
  • Representatividade: Aproximadamente 1,1% da população brasileira. É um sobrenome comum em países da Europa como Espanha e Portugal.

6. Ferreira (2.293.441 pessoas)

  • Origem: Ofício de ferreiro, artesão que trabalha com ferro. Era comum atribuir esse nome a pessoas que exerciam essa profissão.
  • Representatividade: Aproximadamente 1,1% da população brasileira. É um sobrenome frequente em países como Espanha e Portugal.

Ao conhecermos as origens e a representatividade dos sobrenomes, podemos compreender melhor a história e a formação da sociedade brasileira, valorizando as diferentes culturas que compõem o nosso país.

Clique aqui para mais notícias

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp