Guia completo para plantar suculentas em casa ou apartamento

As suculentas, com suas formas fascinantes e cores vibrantes, conquistaram o coração de muitos apaixonados por plantas. Mas, para além…

Publicado por
11:00 - 05/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Guia completo para plantar suculentas

Foto: Freepik

As suculentas, com suas formas fascinantes e cores vibrantes, conquistaram o coração de muitos apaixonados por plantas. Mas, para além da beleza estética, essas plantas resistentes e adaptáveis ​​oferecem um mundo de possibilidades para quem deseja cultivar um pedacinho da natureza em casa.

Neste guia completo, você encontrará tudo o que precisa saber para desfrutar da experiência gratificante de cultivar suculentas: desde os tipos mais populares no Brasil até os cuidados essenciais para garantir a saúde e a longevidade das suas plantas.

Guia completo para plantar suculentas

Foto: Freepik

Mergulhando no universo das Suculentas brasileiras

O Brasil, com sua rica biodiversidade, abriga uma variedade incrível de suculentas, cada uma com suas características únicas. Entre as mais queridinhas, encontramos:

  • Echeveria: Com suas folhas em formato de roseta, as Echeverias encantam com tons de verde, rosa, lilás e até mesmo preto. A Echeveria Elegans, com suas folhas aveludadas e bordas rosadas, é um clássico que conquista corações.
  • Haworthia: As Haworthias se destacam pelas folhas pontiagudas e raias brancas em diversas formas, lembrando listras ou zebras. A Haworthia Attenuata, com suas folhas translúcidas e bolinhas brancas nas pontas, é um exemplo famoso.
  • Kalanchoe: As Kalanchoes são conhecidas por suas flores vibrantes em tons de rosa, laranja, amarelo e vermelho, além de suas folhas carnudas e arredondadas. A Kalanchoe Blossfeldiana, com suas flores duradouras e cores intensas, é uma escolha popular.
  • Graptopetalum: As Graptopetalums apresentam folhas em forma de concha, com cores que variam do verde ao cinza prateado, muitas vezes com bordas avermelhadas. A Graptopetalum Macropus, com suas folhas grandes e bordas vermelhas, é um destaque.
  • Sedum: Os Sedums, também conhecidos como “pedrinhas”, são perfeitos para criar tapetes verdes ou pendentes, com folhas pequenas e densas em tons de verde, amarelo ou vermelho. O Sedum Morganianum, com suas folhas em forma de feijão penduradas em longos caule, é um charme à parte.
Guia completo para plantar suculentas

Foto: Freepik

Plantio, solo e vaso

A época ideal para o plantio de suculentas no Brasil varia de acordo com a região e o tipo de planta. No geral, os meses mais secos e com temperaturas amenas, entre o final do inverno e o início da primavera (de agosto a outubro), são os mais propícios para garantir um bom desenvolvimento das raízes e evitar o apodrecimento.

As suculentas preferem um solo bem drenante, que permita que a água escoe rapidamente e evite o acúmulo de umidade, o que pode levar ao apodrecimento das raízes. Uma boa opção é misturar terra vegetal, areia lavada e perlita em proporções iguais.

Opte por vasos com furos no fundo para facilitar a drenagem da água. Vasos de barro ou cerâmica são ótimas escolhas, pois permitem que o solo respire. O tamanho do vaso deve ser ligeiramente maior que o sistema radicular da planta, para evitar o acúmulo de água e apodrecimento das raízes.

Com cuidado, remova a muda da suculenta de seu vaso original e afofe o solo no novo vaso. Posicione a muda no centro do vaso e preencha com o solo preparado, pressionando levemente para firmar a planta. Regue moderadamente para umedecer o solo sem encharcá-lo.

Guia completo para plantar suculentas

Foto: Freepik

Os cuidados essenciais

As suculentas, em sua maioria, apreciam bastante luz solar direta. Posicione-as em um local que receba pelo menos algumas horas de sol por dia, preferencialmente pela manhã ou no final da tarde. Evite o sol forte do meio-dia, que pode queimar as folhas.

Rega

A rega é um dos cuidados mais importantes para as suculentas, mas cuidado para não exagerar! Regue apenas quando o solo estiver completamente seco. No verão, a rega pode ser feita a cada 7-10 dias, enquanto no inverno, a cada 15-20 dias. Para verificar se o solo está seco, utilize o dedo indicador e afunde-o no solo até cerca de 2 cm. Se o solo estiver úmido, aguarde mais alguns dias antes de regar novamente. O excesso de água pode ser fatal para as suculentas, portanto, é importante ter cuidado para não encharcar o solo.

As suculentas não necessitam de muita adubação. Durante a estação de crescimento (primavera e verão), você pode adubar suas plantas a cada 3-4 meses com um fertilizante líquido diluído em água, específico para cactos e suculentas. Siga as instruções do fabricante para a dosagem correta.

Guia completo para plantar suculentas

Foto: Freepik

Temperatura

As suculentas preferem temperaturas amenas, entre 18°C e 24°C. Elas podem tolerar temperaturas mais baixas no inverno, mas evite expor as plantas a geadas ou temperaturas extremas.

Transplante

As suculentas geralmente não precisam ser transplantadas com frequência. Um bom sinal de que a planta precisa de um novo vaso é quando as raízes começam a sair pelos furos de drenagem do vaso antigo. Transplante as suculentas para um vaso um pouco maior, utilizando o mesmo tipo de solo da planta original.

Pragas e Doenças

As suculentas são relativamente resistentes a pragas e doenças, mas algumas podem afetá-las, como cochonilhas, pulgões e fungos. Se você notar algum sinal de infestação, trate a planta imediatamente com um inseticida ou fungicida específico.

Dicas Extras:

  • As suculentas são ótimas opções para iniciantes no cultivo de plantas, pois são fáceis de cuidar e requerem pouca atenção.
  • Você pode propagar suas suculentas facilmente através de folhas, estacas ou divisão de touceiras.
  • As suculentas são perfeitas para criar arranjos criativos e decorar sua casa com um toque natural e charmoso.
  • Com um pouco de amor e cuidado, você poderá desfrutar da beleza e da resiliência das suculentas por muitos anos.

Com os cuidados adequados, as suculentas podem viver por muitos anos, algumas até por décadas. Algumas espécies, como a Echeveria Elegans, podem até mesmo florescer anualmente. Cultivar suculentas é uma experiência gratificante e relaxante que pode trazer um pedacinho da natureza para dentro de sua casa. Com os cuidados adequados e um pouco de atenção, você poderá apreciar a beleza e a longevidade dessas plantas fascinantes.

Clique aqui para mais artigos

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp