Tem aranto em casa? Planta decorativa pode ser um grande perigo para as crianças.

O aranto, também conhecido como Kalanchoe, calanchoê, ou mãe-de-milhares, é uma planta suculenta nativa de Madagascar, admirada por suas folhas…

Publicado por
19:59 - 22/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Aranto - Mãe-de-milhares (2)

Foto: Freepik

O aranto, também conhecido como Kalanchoe, calanchoê, ou mãe-de-milhares, é uma planta suculenta nativa de Madagascar, admirada por suas folhas carnosas, bordas serrilhadas e capacidade de propagação fácil. Apesar da beleza e aparente inocência, o aranto esconde perigos que exigem cautela, principalmente em lares com crianças.

A planta tem características únicas, com suas folhas carnudas, grossas e suculentas, de cor verde. Elas apresentam pequenas plantinhas brotando em seu bordo, chamadas de propagação vegetativa. Suas Flores são pequenas, em forma de sino, penduradas em um caule longo. O ciclo de vida do aranto é perene, podendo viver por muitos anos. Seu cultivo é fácil, adaptando-se facilmente a diversos ambientes, preferindo locais com luz indireta e solo bem drenado.

Aranto - Mãe-de-milhares (2)

Kalanchoe laetivirens – Foto: Freepik

Riscos do consumo de aranto

A Kalanchoe daigremontiana possui manchas no verso de suas folhas, que são mais pontudas. Essa subespécie é considerada medicinal e se ingerida na dose recomendada não oferece nenhum risco.

Porém, a subespécie Kalanchoe laetivirens pode trazer sérios riscos à saúde, especialmente para crianças. As folhas contêm bufadienolídeos, substâncias glicosídicas cardioativas que podem causar:

  • Problemas cardíacos: Arritmias, taquicardia, bloqueios cardíacos e até mesmo morte em casos graves.
  • Distúrbios gastrointestinais: Náuseas, vômitos, diarreia e dor abdominal.
  • Fraqueza muscular: Paralisia temporária ou permanente de membros.
  • Irritação da pele e mucosas: Queimaduras, vermelhidão e inchaço.

Sintomas de intoxicação:

  • Náuseas e vômitos
  • Diarreia
  • Dor abdominal
  • Tontura
  • Desorientação
  • Fraqueza muscular
  • Arritmias cardíacas
Aranto - Mãe-de-milhares (2)

Kalanchoe laetivirens – Foto: Freepik – Foto: Freepik

Prevenção:

  • Mantenha o aranto fora do alcance de crianças e animais de estimação.
  • Ensine as crianças sobre os perigos da planta.
  • Utilize produtos para jardinagem com cuidado, evitando o contato com a pele e os olhos.
  • Lave as mãos após manusear a planta.
  • Em caso de ingestão, procure atendimento médico imediatamente.

O aranto é uma planta bonita e fácil de cuidar, mas é crucial estar ciente dos riscos que apresenta. Mantenha-a fora do alcance de crianças e animais de estimação, utilize produtos para jardinagem com cuidado e busque alternativas seguras para fins medicinais. A saúde e a segurança devem sempre ser a prioridade.

Clique aqui para mais artigos 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp