Em maio de 2018, Vera Lúcia Severo Lemos, foi dada como desaparecida no município de Dom Pedrito, na Região da Campanha. E na tarde da última terça-feira (14), um ano após seu desaparecimento, seu corpo foi encontrado enterrado no interior da casa de seu ex-companheiro. Na época do desaparecimento, diligências foram realizadas e um fato em especial chamou a atenção da polícia. O ex-companheiro de Vera teria começado uma construção as pressas nos fundos de sua residência, construindo o piso antes das paredes, ato considerado suspeito. Na ocasião também foi encontrada uma faca com sangue humano no local. Após ser declarado o principal suspeito do caso, um mandado de busca na casa do homem foi requisitado. Nos primeiros momentos da busca realizada na tarde de terça-feira, cães farejadores já indicaram que haviam indícios de um cadáver no local. As escavações se estenderam até por volta da meia noite, quando localizaram o corpo, que só foi retirado da cova por volta da 1h da manhã de quarta-feira (15). O corpo foi encaminhado para necropsia, onde será confirmada a identidade da vítima e serão realizados exames de DNA para conectar a faca encontrada no local, com a morte de Vera Lúcia. O suspeito não estava presente durante as buscas e ainda não foi localizado pela polícia.