Carreata solidária de Bento Gonçalves leva toneladas de doações ao Vale do Taquari

Grupo solidário Pé Na Lama entregou, neste domingo (9), água, alimentos, roupas e cobertores para população de 15 municípios atingidos pelas enchentes

Publicado por
18:52 - 09/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Mais de 200 pessoas em mais de 100 veículos, participaram da Carreata Solidária.

Em mais uma ação solidária às vítimas das enchentes de maio no RS, o grupo Pé Na Lama, de Bento Gonçalves, reuniu mais de 200 pessoas em mais de 100 veículos, ente pick-ups, camionetes, caminhões e utilitários, na manhã deste domingo (9), para levar doações a comunidades do Vale do Taquari.

A ação, batizada de Carreata Solidária, começou a mobilizar voluntários antes do Sol raiar na Serra Gaúcha. Os primeiros organizadores já se concentravam nas dependências da Fundaparque por volta das 6h. Veículos oficiais e particulares foram carregados com mantimentos, dos mais diversos tipos, de água potável até roupas, cobertores e alimentos. O comboio deixou o Pavilhão E do Parque de Eventos por volta das 9h. O destino foram diversos municípios do Vale do Taquari. Antes da saída de Bento Gonçalves, a carreata percorreu algumas das principais ruas da cidade.

Segundo a arquiteta e uma das organizadora do grupo de ação solidária Caroline Josende, toneladas de mantimentos foram carregados e serão entregues aos mais necessitados. “Passaremos por cidades como Estrela, Lajeado, Cruzeiro do Sul, Muçum, Roca Sales, Bom Retiro, Taquari e Triunfo. Serão mais de 15 cidades que receberão mantimentos. Vamos também a algumas do Vale do Caí, como São Sebastião do Cai, e depois Canoas”, antecipou.

Entregas à domicílio

Um dos organizadores do Pé Na Lama, Edson Rigo, explica que cada veículo saiu de Bento com kit de higiene pessoal, produtos de limpeza, cesta básica, fraldas, cobertas e frutas. “Temos o intuito de passar casa por casa e destinar as doações a quem realmente precisa. A gente está levando mantimentos para entregas à domicílio, e não para levar para outros depósitos”, destaca.

Para o advogado e voluntário Leonardo Zortéa, o sentimento é de satisfação pela oportunidade de ajudar quem precisa. “Temos que agradecer em ter ferramentas e disposição para poder ajudar os outros. A gente não consegue ficar em casa esperando que as coisas aconteçam, então isso nos leva a juntar todas essas pessoas para fazer a diferença”, descreve.

Criado em 4 de setembro de 2023, o grupo Pé Na Lama ajuda os atingidos pelas enchentes que varreram o Vale do Taquari. Estes voluntários foram os primeiros a chegarem em Roca Sales. O cenário era de guerra. Na ocasião, se instalaram em um posto de gasolina abandonado, montaram uma cozinha industrial e começaram a produzir e entregar marmitas para a comunidade.

O Pé na Lama aceita doações via PIX (chave CPF 007.337.740- 67 – Caroline Josende). O contato com o grupo pode ser realizado pelo telefone (54) 99944-9227. Nas redes sociais, o projeto é encontrado pelo @penalama2023.

Foto: Jonathan Zanotto e Juliano Baruffi Lourenço

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp