Categorias dos alimentos

0
1207

Existem muitos tipos de alimentos: in natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados. Os in natura e minimamente processados são classificados de alimentos os demais são classificados de produtos alimentícios.

Alimentos in natura formam o grupo que deve ser a base da nossa alimentação que são principalmente: legumes, verduras, frutas, tubérculos, ovos e carnes. Pra definir melhor, eles são aqueles vendidos como foram obtidos direto da natureza.

Os minimamente processados passaram por pequenas intervenções antes de chegarem ao consumidor, e não receberam nenhum outro ingrediente durante o processo (nada de sal, açúcar, óleos, gorduras ou aditivos).

Alguns desses processos podem ser considerados como, limpeza, remoção de partes não comestíveis, secagem, embalagem, pasteurização, resfriamento, moagem e fermentação. Esses processos visam aumentar a duração dos produtos in natura e permitem que sejam armazenados de maneira correta até chegarem ao consumidor. Exemplo de alimentos que podem ser minimamente processados: frutas, legumes, hortaliças, raízes ovos, carnes, leite, feijão, ervas frescas e ervas secas, especiarias, frutas e castanhas.

Os alimentos processados são os alimentos industrializados, ou seja, criados pela indústria. São produtos alimentícios que sem dúvidas, se não sofressem muitos processos industriais, o ser humano não teria a possibilidade de consumir. Mas para eles existirem se faz necessário utilizar máquinas e equipamentos.

Os alimentos industrializados não são exclusividade das grandes empresas, portanto eles podem serem produzidos em pequena e grande escala. Exemplo de alimentos processados: farinhas de trigo e milho, biscoitos, pães, bolos, molhos prontos, iogurtes, óleos de soja, canola, sorvete, macarrão instantâneo e batata frita congelada.

E a última categoria são os alimentos ultraprocessados, que são produtos alimentícios também feitos e criados pela indústria e que normalmente não existem na natureza, sendo adicionados a eles vários ingredientes, na maior parte artificiais, que criam então um produto alimentício. Entre os ingredientes usados os mais comuns são: óleos, gorduras, açúcares, sal, amido, derivados de constituintes de alimentos (gorduras hidrogenadas, amido modificado) ou sintetizadas em laboratório com base em matérias orgânicas como petróleo e carvão (corantes, aromatizantes, realçadores de sabor e vários tipos de aditivos usados para dotar os produtos de propriedades sensoriais atraentes). Técnicas de manufatura incluem extrusão, moldagem, e pré-processamento por fritura ou cozimento.

O objetivo do ultraprocessamento é tornar o alimento atraente, acessível, palatável, apresentar longa vida de prateleira e praticidade, o que atrai muitos consumidores. Exemplo de alimentos ultraprocessados: margarina, nuggets, salsicha, balas, suco de caixinha, refrigerantes, bolachas recheadas, salgadinhos, sucos em pó, mistura para bolo, temperos em pó, produtos congelados, pizza, lasanha.

OS MELHORES ALIMENTOS SÃO AQUELES QUE NÃO TÊM RÓTULO, QUE NÃO PRECISAM DE EMBALAGEM, QUE DISPENSAM LISTA DE INGREDIENTES.

Texto produzido pela nutricionista Fernanda Godoy Farto

A loja Tudo Em Grãos

A Tudo Em Grãos é uma loja especializada na venda de produtos saudáveis e naturais, vendidos a granel e pensados para satisfazer a praticidade no dia a dia. Na Tudo Em Grãos você irá encontrar uma linha de produtos que são perfeitos para equilibrar a sua alimentação, proporcionando uma vida saudável e que foram citados no texto da nutricionista Fernanda Godoy Farto.

Ao visitar a loja de Bento Gonçalves você também vai encontrar uma grande variedade de grãos, sementes, cereais, frutas secas e farinhas, todos com venda a granel. Ainda contemplam o mix da loja chás, temperos, sucos, produtos orgânicos, funcionais, sem glúten e sem lactose.

A loja fica localizada na Av. Planalto, 698 (andar térreo), no Bairro Planalto, ao lado do Hotel Viverone, em Bento Gonçalves.

LEAVE A REPLY