A Brigada Militar de Vacaria prendeu na tarde desta sexta-feira (20) um homem de 21 anos carneando um tatu mulita. A prisão aconteceu durante patrulhamento no bairro Santa Cruz.
De acordo com a polícia, os brigadianos vistoriavam a movimentação na comunidade quando avistaram o homem carneado o animal.
Ele foi preso por crime contra a fauna e conduzido à delegacia de polícia.
Tatu Mulita
O tatu-mulita é um pequeno tatu campestre, encontrado no Paraguai, Argentina, Uruguai e Sul do Brasil. Também é conhecido pelos nomes de mulita e tatuíra. Atualmente considerado uma subespécie de tatu-galinha-pequeno de nome científico Dasypus hybridus.
(foto: reprodução)