Após caso Momo viralizar, psicóloga traz dicas e orientações aos pais

0
1501

Após a viralização do fato dos vídeos infantis serem invadidos com mensagem perturbadoras da boneca Momo, a psicóloga especializada em psicoterapia de orientação psicanalista e em terapia cognitivo comportamental, Neide Maria Zeni trouxe dicas e orientações aos pais sobre o assunto. Lembrando que a boneca Momo foi criada por um artista plástico japonês e ficou conhecida depois que um vídeo chamado “Desafio Momo” viralizou na internet em 2018.

Segundo a psicóloga Neide, esse caso da Momo é semelhante ao da Baleia Azul. “Começa como uma brincadeira inocente e vai envolvendo a criança em desafios. Essas pessoas que estão por trás desses personagens como a Momo e a Baleia Azul são perversas e manipuladoras, elas fazem a criança se sentir envolvida, culpada, com medo a ponto de ela não conseguir pedir ajuda dos adultos podendo chegar sim a um suicídio”, explica.

Zeni ainda alerta aos pais sobre esses personagens que conhecem o universo infantil e por isso manipulam as crianças, assim como os abusadores infantis em geral.
“A melhor prevenção em primeiro lugar é que os pais sempre estejam próximos dos filhos e sempre que possível conversem com eles para saber como estão. Em segundo lugar supervisionarem o que os pequenos estão fazendo na internet, esses conteúdos como a da Momo e da Baleia Azul, não são as únicas situações de risco para crianças sem supervisão, também existem os pedófilos e até filmes pornográficos envolvendo brinquedos infantis. Então sem supervisão existem muitos riscos e além dessas duas dicas, uma terceira dica é falar com a criança sobre como se cuidar, sobre situações a serem evitadas e deixar sempre aberto o canal de comunicação entre a criança e os pais”.

Estar próximos da escola e dos amigos também é uma dica válida da especialista. Os contatos próximos da criança poderão ajudar a perceber se algo diferente está acontecendo com os pequenos servindo de alerta para a família.

Além dessas dicas é sempre importante estar em alerta para mudanças de comportamento da criança, como maior irritabilidade, ou aumento de choro, ou dificuldades com o sono, alterações na alimentação e hábitos em geral, que possam indicar que algo diferente está acontecendo.

LEAVE A REPLY