UBS Serrano lança Relógio das Plantas Medicinais no Corpo Humano

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Serrano lançou, na tarde desta sexta-feira (31), o Relógio das Plantas Medicinais no Corpo…

Publicado por
08:28 - 01/09/2018

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Serrano lançou, na tarde desta sexta-feira (31), o Relógio das Plantas Medicinais no Corpo Humano. O evento, realizado na Igreja da Pastoral, contou com a participação de servidores da SMS, lideranças comunitárias e a população da região. O objetivo desta iniciativa é estimular a comunidade a usar adequadamente as plantas para prevenção e tratamento de doenças, além da manutenção do bem-estar.

A gerente da UBS Serrano, Beatriz Saling Vieira, afirmou que o lançamento do Relógio representa o plantio de uma semente, que agora precisa ser cultivada, com a participação de todos, para que cresça e renda bons frutos. “Apesar de este projeto ser uma iniciativa da UBS, agora ele é da comunidade, que deve ser a principal beneficiada pelo uso adequado e orientado das plantas medicinais. Para que realmente possamos colher esses bons resultados, o envolvimento dos usuários é fundamental”, declarou.

O evento começou com uma acolhida aos participantes e uma dinâmica de respiração, conduzida pela enfermeira Terezinha Conte. Ainda houve roda de conversa e uma representação teatral sobre o tema. Em seguida, visita ao Relógio e uma confraternização de encerramento.

O Relógio das Plantas Medicinais no Corpo Humano é baseado nos ensinamentos da medicina tradicional chinesa, que afirma haver um horário mais adequado para se tratar cada parte do corpo humano. As plantas medicinais foram aliadas a esta teoria. Ervas específicas foram plantadas em 12 canteiros em formato de um relógio. Cada canteiro corresponde a um órgão. Para cada órgão, recomenda-se o uso de uma planta, em determinado horário, com o objetivo de tratar problemas de saúde específicos.

São apoiadores do projeto, a Pastoral do Pão, a Pastoral da Criança, a Associação de Moradores do Bairro Serrano e o Conselho Local de Saúde.

Além da UBS Serrano, a unidade do bairro São Caetano também tem o seu Relógio, assim como a comunidade do Vila Ipê, que cultiva as plantas dentro da horta comunitária do bairro. O projeto também está sendo expandido às comunidades atendidas pelas UBSs Santa Fé e Belo Horizonte.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp