Suárez se despede com atuação de gala, Grêmio vence Fluminense e é vice-campeão do Brasileirão

Uruguaio marcou dois gols golaços em seu último ato com a camisa gremista no Maracanã

Publicado por
23:56 - 06/12/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Suárez se despede com atuação de gala, Grêmio vence Fluminense e é vice-campeão do Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação / CP

A passagem de Luis Suárez no Grêmio chegou ao fim na noite desta quarta-feira com mais uma atuação de gala. Autor de dois golaços, o uruguaio comandou a vitória do Grêmio por 3 a 2 no Maracanã pela última rodada do Brasileirão. Com a vitória, o Tricolor encerrou a temporada como vice-campeão brasileiro com 68 pontos e vaga direta na fase de grupo da Libertadores. O Palmeiras foi o campeão com 70 pontos.

A despedida do ano gremista teve pela frente o campeão da Libertadores em preparação para o Mundial. De pênalti, John Arias abriu o placar no primeiro tempo. Em dois minutos e num golaço de Suárez e outro de Galdino, o time de Renato Portaluppi virou antes do intervalo. No segundo tempo, Suárez ampliou cobrando pênalti de cavadinha. Na reta final, o Fluminense descontou com John Kennedy e pressionou até o fim.

Suárez, pela última vez
O uruguaio Luis Suárez entrou pela última vez em um campo como jogador do Grêmio no mítico estádio do Maracanã. No palco do futebol brasileiro, o Pistolero mais uma vez mostrou as razões de sua saudade no coração gremista.

Diante de um rival focado no Mundial de Clubes, o Tricolor gaúcho conseguiu controlar as ações na arrancada da partida. No entanto, faltava caprichar no último terço do campo.

O Fluminense se aproveitou de um erro na defesa para abrir o marcador. Rodrigo Ely cometeu pênalti claro com a mão e John Arias bateu para abrir o marcador aos 33 minutos.

Atrás no marcador, a equipe gremista viveu minutos de instabilidade, mas se reencontrou com o seu craque. Em lançamento primoroso de Villasanti, Suárez ficou cara a cara com Fábio, driblou o goleiro e igualou o placar aos 43. Um golaço.

A virada veio em novo lançamento para Suárez. O uruguaio inverteu para Carballo dentro da área. O camisa 8 demorou, mas Galdino na sobra chutou de canhota para garantir o 2 a 1 e vantagem do Grêmio antes do intervalo.

Jogo franco
Com 22 minutos, o intervalo foi longo no Maracanã, mas o Grêmio precisou de 21 segundos para perder uma chance incrível. Ferreira ganhou dividida pelo meio, avançou e rolou para Pepê. O meia bateu colocado tirando tinta da trave.

O Fluminense cultivou a posse de bola, tentava adiantar a marcação, mas deixava espaços pra contragolpes. E nessas velocidade, o time gremista ampliou em mais um lance de genialidade Suárez. O uruguaio driblou dois marcadores e tocou para Ferreira ser derrubado por Guga. Na cobrança, Suárez bateu de cavadinha e venceu Fábio.

Os donos da casa quase descontaram também em lance plástico. John Kennedy deu caneta em Kannemann e soltou uma bomba. Caíque espalmou e na sobra Cano perdeu livre. Renato promoveu as primeiras trocas aos 24 minutos. Cristaldo e Nathan Fernandes entraram nos lugares de Carballo e Galdino.

Diniz foi trocando peças para dar mais ímpeto ofensivo. John Kennedy entrou criando problemas para a defesa gremista. Aos 35 minutos, em bonito lance individual, Kennedy descontou. O relógio marcou 42 minutos quando Suárez deixou o campo para o ingresso de JP Galvão. O uruguaio se despede com 17 gols no Brasileirão. O Tricolor suportou a pressão e garantiu a segunda colocação.

Fonte: Vítor Figueiró / Correio do Povo

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp