Saiba quanto custa recolocar placas de veículos perdidas nos alagamentos

Devido a contratempo causado pelas enchentes, medida será necessária a diversos proprietários quando sistema do Detran-RS for reativado

Publicado por
16:09 - 23/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Detran RS

Dentre os vários problemas e desafios que a tragédia climática causada pelo excesso de chuva e alagamentos apresentou para o povo gaúcho nas últimas semanas, um contratempo afetou diversos motoristas do Estado: a necessidade de reposição de placas veiculares perdidas durante as enxurradas.

As novas placas Mercosul foram implementadas em 2018. Para quem tinha as antigas (cinzas) é obrigatório que a troca seja feita pelas novas. Por óbvio, quem já tinha a placa Mercosul terá que realizar a reposição da mesma.

O serviço estará disponível após o sistema do Detran-RS for reativado, com o retorno do funcionamento do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), previsto para a próxima semana.

Quanto custa
Os valores variam dependendo se o veículo tinha as placas antigas (cinzas) ou as novas (Mercosul).

Para quem já tinha placa Mercosul
Os motoristas que já tinham a placa nova não vão ter que se preocupar com a expedição dos documentos (taxa com valor mais alto). Portanto, somente o pagamento da vistoria e a confecção da nova placa é necessário. O valor pode chegar até R$ 376,55.

Para quem tinha a placa cinza
Quem perdeu as placas cinzas terá realizar três etapas do processo:

Vistoria:
Motocicletas e similares: R$ 77,36
Veículos médios: R$ 104,34
Veículos pesados: R$ 156,55

Expedição de documentos:
CRV + CRVL: R$ 300,49

Confecção da placa:
Placa única: R$ 120
Par de placas: R$ 220

Com isso, o motorista que necessita das duas placas pode gastar de R$ 624,83 (veículos médios) a R$ 677,04 (veículos pesados) nesse processo.

veiculares

alagamentos

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp