Ronaldinho e Assis devem pagar R$ 6 milhões por multa ambiental

Nesta quarta – feira, chegou ao fim o caso que envolvia o ex-jogador Ronaldinho e seu irmão Roberto Assis Moreira,…

Publicado por
12:22 - 12/09/2019

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Ex-jogadores chegaram a acordo com o MP-RS sobre processo por crime ambiental (Foto: Marcos Corrêa / PR)

Nesta quarta – feira, chegou ao fim o caso que envolvia o ex-jogador Ronaldinho e seu irmão Roberto Assis Moreira, eles fecharam um acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Sul na Justiça para receber seus passaportes de volta. Assim, ele firmaram um compromisso após a condenação por multa ambiental às margens do Lago Guaíba, na zona sul de Porto Alegre.

Ficou acordado entre as partes, que os dois devem depositar $ 6 milhões em um Fundo para Reconstituição de Bens Lesados até o dia 1º de outubro. Se caso a dupla não depositar, o valor sobe para R$ 9,8 milhões, além dos juros legais de 12% ao ano.

Logo após a autorização da prefeitura, eles tem 60 dias finalizar a recuperação da área danificada, na zona sul de Porto Alegre, e somente após a quitação dos valores os dois devem receber seus passaportes de volta.

Ex-jogadores chegaram a acordo com o MP-RS sobre processo por crime ambiental (Foto: Marcos Corrêa / PR)

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp