Reforço de ar polar chega ao Rio Grande do Sul e Uruguai, intensificando o frio

No Rio Grande do Sul, o impacto deste ar polar será mais significativo na metade sul do estado. A região enfrentará uma semana extremamente fria, com temperaturas negativas durante as madrugadas

Publicado por
19:32 - 07/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
ar polar

Foto: Pexels

A MetSul Meteorologia alerta que um forte reforço de ar polar atingirá o Uruguai e parte do Rio Grande do Sul no início desta semana, prolongando e intensificando as baixas temperaturas. A previsão é de que a chuva, atualmente concentrada no Sul do Brasil, se estenda para áreas do Centro-Oeste e Sudeste ao longo da semana, atingindo regiões que há semanas não registram precipitação.

De acordo com dados do Centro Meteorológico Europeu (ECMWF), mapas mostram anomalias de temperatura no nível de 850 hPa (aproximadamente 1500 metros de altitude) para as noites de hoje, segunda, terça e quarta-feira. Essas anomalias indicam que uma massa de ar extremamente fria deve atingir o Centro da Argentina, o Uruguai e parte do Rio Grande do Sul, com temperaturas muito abaixo da média para esta época do ano. Modelos numéricos analisados pela MetSul indicam que, no começo desta semana, as temperaturas no nível de 850 hPa sobre o Uruguai podem chegar a -7ºC a -8ºC, sinalizando uma massa de ar excepcionalmente fria.

Esta massa de ar gelado é mais comum na Patagônia e raramente se observa temperaturas tão baixas nas latitudes do Uruguai. Consequentemente, as temperaturas no Centro da Argentina e no Uruguai serão excepcionalmente baixas, com potencial para recordes históricos. Em algumas localidades, as mínimas podem alcançar -7ºC no Uruguai e de -8ºC a -10ºC no Centro argentino. Este será um dos períodos mais frios já experimentados recentemente por essas regiões, com dias congelantes e temperaturas muito baixas mesmo durante o dia.

Impacto no Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, o impacto deste ar polar será mais significativo na metade sul do estado. A região enfrentará uma semana extremamente fria, com temperaturas negativas durante as madrugadas, especialmente no Oeste, na fronteira com o Uruguai, na Serra do Sudeste e no Sul. A bolha de ar gelado trará uma intensificação do frio no início da semana. Estael Sias, meteorologista da MetSul, afirma que todos os dias, exceto talvez quinta-feira, podem ter temperaturas negativas no Sul gaúcho.

Expectativa de Precipitação

Além das baixas temperaturas, muita nebulosidade e precipitação são esperadas em vários momentos da semana no Rio Grande do Sul. A previsão é de que a chuva se espalhe também para o Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, alcançando áreas que não registram precipitação há semanas.

Os dados do ECMWF indicam que as noites de domingo, segunda, terça e quarta-feira terão temperaturas abaixo do normal no sul do estado, trazendo uma semana de frio intenso e úmido para a região.

 

Foto: MetSul / Meteorologia

 

*Com informações da MetSul Meteorologia 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp