Rede Municipal de Ensino retoma aulas presenciais em Farroupilha

A segunda-feira (14) marca o retorno das aulas da Rede Municipal de Ensino de Farroupilha. Na última semana, a educação…

Publicado por
11:38 - 14/02/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Cristiano Lemos/Grupo RSCOM

A segunda-feira (14) marca o retorno das aulas da Rede Municipal de Ensino de Farroupilha. Na última semana, a educação infantil, etapa creche, já havia retornado. Agora foi a vez do ensino fundamental nas escolas municipais e particulares da cidade. A reportagem do Grupo RSCOM acompanhou a chegada dos alunos na Escola Municipal Ângelo Chiele e pode constatar a alegria dos pequenos no reencontro com os colegas.

A secretária de Educação, Luciana Zanfeliz, comentou que a expectativa é alta para o ano de 2022. Segundo ela, pais, professores e gestores estão emprenhados em atender a todos os protocolos de saúde e da grade curricular para que as crianças tenham um bom ano letivo.

Ela também comentou a confiança dos pais em mandar seus filhos para as aulas frente a agosto do ano passado, quando o retorno dos alunos ocorreu, mas em um número mais baixo do que neste ano.

O ano passado a gente construiu aprendizagens e expertises que mostraram para os pais vissem que podem ter confiança na escola. As escolas estão com os protocolos bem rígidos, as crianças estão protegidas dentro da instituição. Com essa confiança, os pais estão levando seus filhos e confiando nas escolas, os alunos poderão ter novamente esse convívio social com bastante tranquilidade“, disse.

Luciana também disse que muito do que foi feito na pandemia poderá continuar sendo utilizado ao longo dos próximos anos. Ela citou o reforço on-line, o atendimento e a aproximação dos pais e professores na vida escolar dos alunos. A secretária acredita que toda essa nova tecnologia poderá ser incorporada em projetos de aprendizagem.

Com relação a uma exigência do passaporte vacinal contra a Covid-19 para as crianças, ela diz que esse assunto não é tratado em Farroupilha. Mas que a pasta incentiva a vacinação das crianças, o que não é obrigatório, ficando a decisão a cargo dos pais e reesposáveis.

A gente não discutiu sobre esse assunto, mas estamos incentivando os pais para que confiem na vacina, que vacinem seus filhos. Mas não há orientações sobre isso. O importante é que todos tenham a oportunidade de se vacinar e que se conscientizem sobre essa importância de que a vacina vem para ajudar a termos tempos de normalidade“.

Em Farroupilha, estima-se que cerca de 10 mil crianças estejam matriculadas na redes de ensino.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp