Rede de supermercados Andreazza realiza entrega do “Troco Solidário” na Serra Gaúcha

Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Farroupilha tiveram valores revertidos a entidades e instituições locais

Publicado por
18:30 - 15/12/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Imagem: Marcos Cardoso / Grupo RSCOM

O Grupo Andreazza realizou a entrega de valores da Campanha Troco Solidário para entidades da Serra Gaúcha. O dinheiro foi recolhido ao longo do ano no Super Andreazza e no Vantajão Atacado de cada cidade. Nesta quinta-feira (15) as lojas de Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Farroupilha destinaram o montante para instituições parceiras.

Durant o primeiro compromisso, em Caxias do Sul, o diretor do Grupo, Jaime Andreazza destacou que “no todo que a Rede Andreazza arrecadou foram R$510 mil neste ano de 2022 e está redistribuindo em cada cidade” A arrecadação para o Troco Solidário ocorre quando o cliente finaliza as compras e ao pagar doa alguma quantia para campanha.

O dinheiro de todas as lojas do Andreazza e Vantajão de cada cidade são reunidos e, ao fim do ano, distribuído entre entidades. Cada município arrecada aquilo que distribuirá, ou seja, o dinheiro doado em Caxias do Sul será revertido para instituições locais.

Caxias do Sul

Pela manhã em Caxias do Sul, na unidade Passeio Norte foram entregues R$340 mil ao Lar da Velhice, Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Visuais (APADEV), Anjos Voluntários, Hospital Geral, Hospital Pompéia e Mão Amiga. Além destas entidades de Caxias, ocorreu a entrega dos valores de Flores da Cunha para a sede do Mão Amiga da cidade.

Jaime Andreazza ressaltou os valores que foram redistribuídos e pediu aos clientes do Super Andreazza e Vantajão para que “continuem doando, este dinheiro chega na entidade, a solidariedade parece, às vezes, um pouquinho só, mas ajuda muito“.

Os centavos que os clientes caxienses doaram ao longo do ano auxiliarão 500 crianças do projeto Mão Amiga. Com os R$30 mil que foram entregues nesta quinta-feira (15) famílias poderão ter descontos em mensalidades de escolinhas parceiras.

Esse [dinheiro] vai ser expressamente para crianças que estão em vulnerabilidade no apoio com escolinha. Então as famílias passam por alguns critérios e passando nestes, nós do Mão Amiga apoiamos com 50% da mensalidade, mas a mensalidade é diferenciada conosco pois possuímos parcerias com escolinhas também. Esse valor faz toda a diferença, é praticamente o valor do evento que fazemos uma vez por ano“. conta Marta Cagliari, representante do Mão Amiga de Caxias do Sul.

O Mão Amiga de Flores da Cunha também esteve em Caxias do Sul para receber valores e, segundo Márcio Costa, também destinará a quantia para auxilio de crianças.

Onei Susin do Lar da Velhice frisa que o dinheiro será utilizado para custear as despesas com os trabalhadores diretos. Desta forma, é garantida manutenção dos serviços aos 72 idosos que residem no Lar.

Esse valor vem em bom momento pois no final do ano aumentam os custos dos funcionários. Temos 64 funcionários diretos e com isso temos férias, 13º  e esse valor, em um primeiro momento, vai ajudar a pagar estes custos” ressalta.

O Hospital Geral, que foi o primeiro local beneficiado com os donativos na fundação do projeto durante a pandemia, recebeu R$100 mil do Troco Solidário em 2022 e mais R$400 mil nos anos anteriores. Este montante será utilizando pela casa de saúde que atende a milhares de caxienses e outros moradores da Serra Gaúcha na sua obra de ampliação, conforme contou o diretor do Hospital Geral, Sandro Junqueira

“O Hospital Geral conta com o apoio de toda a comunidade. Então quero agradecer ao Grupo Andreazza pela parceria, a todos que doaram seu troquinho lá no caixa é extremamente importante. Este valor compõe a outros que vieram desde o início do Troco Solidário e hoje estão sendo aplicados na ampliação do hospital. (…) a ajuda de todos está fazendo com que consigamos terminar e um dos apoiadores fortes é Supermercados Andreazza” afirma.

Imagem: Marcos Cardoso / Grupo RSCOM

Farroupilha

No início da tarde os valores arrecadados em Farroupilha foram distribuídos ao Hospital São Carlos e a APAE. Na loja do Vantajão Atacado foram entregues os cheques que juntos representam R$40 mil. A casa de saúde ficando com a maior parte.

Janete Toigo agradeceu pelos R$30 mil que serão aportados nas contas do Hospital São Carlos. O valor ajuda a conter o déficit registrado mensalmente na casa de saúde que atende a toda região da Serra Gaúcha. “Tenho de agradecer imensamente a comunidade e o empresariado de toda a farroupilha e região pois são sempre muito sensíveis aos apelos do Hospital. Nos sempre estamos precisando, nossa necessidade é continua, os recursos são muito limitados, toda ajuda que recebemos, principalmente essa é muito bem-vinda para o hospital e colabora grandemente para nossas necessidades diárias. Nosso déficit é muito grande pois atendemos um volume muito grande do SUS e tudo que vem por parte da comunidade e empresário sempre vem para atenuar o déficit.”

Romeu Valandro, presidente da APAE de Farroupilha frisou que a receita extra é sempre bem-vinda. Ele agradeceu a comunidade da cidade pela ajuda e, também ao Andreazza. Segundo ele, o valor será usado

Não importa o valor, a gente nota o carinho e disposição da comunidade em auxiliar a APAE de Farroupilha. Estamos atendendo hoje 145 usuários, toda arrecadação é investida para atendimento escolar ou na área da educação, é um valor bem-vindo e será bem aplicado” Destaca

Bento Gonçalves

O último compromisso do dia foi em Bento Gonçalves. Na capital do Vinho foram entregues R$30 mil arrecadados através do Troco Solidário nas duas lojas do Super Andreazza na cidade. Na ocasião, no endereço do bairro São Francisco estiveram presentes o diretor do Grupo, Jaime Andreazza, Hilton Mancio, superintendente do Tacchini Sistema de Saúde e os representantes da APAE de Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, Paulo Cesar Ranzi e Lourdes Maria Pedruzzi Sauthier, respectivamente.

Jaime Andreazza agradeceu a comunidade de Bento Gonçalves pela adesão ao projeto. “aquela moedinha de 10 centavos, 25 centavos, 50 centavos, um real, isso ajuda muito as comunidades e entidades que precisam desse dinheiro. Aqui em Bento nós recolhemos R$30 mil. 10 mil vão para APAE  e 20 mil para o Tacchini.”

A APAE, segundo seus representantes de cada município, utilizará o dinheiro nesta reta final de ano quando o orçamento acaba ficando apertado. Em Carlos Barbosa, segundo a presidente Lourdes, o valor de R$10 mil terá como função o pagamento de férias e 13º de funcionários. Em Bento Gonçalves, que também recebeu um aporte de R$10 mil, o valor permitirá que se pense em uma festa de final de ano para todos os usuários da APAE do município.

O Hospital Tacchini utilizará os R$30 mil em três diferentes frentes em ações do Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS), do Grupo de Voluntariado e do Departamento de Humanização do hospital. O superintendente da casa de saúde, Hilton Mancio, destacou os projetos.

O voluntariado são senhoras que fazem um trabalho dentro do Tacchini onde elas compram insumos, elas lã, compram tecidos e fazem roupas para recém nascidos do SUS. O Grupo de Humanização é um grupo que se caracteriza de personagens que levam lá umas balinhas, chocolates e ela faz um trabalho junto aos pacientes internados pra melhorar, para alegrar essas pessoas que muitas vezes ficam mais deprimidas. E o Instituto de Pesquisa desenvolve trabalhos e estudos, como por exemplo, o último que nós entregamos recentemente, que foi a pesquisa de patologias, como fizemos uma pesquisa extensa de três anos, identificando o que causas do câncer na nossa região.” Conta.

Outras cidades também destinarão valores

Arroio do Sal, Capão da Canoa, Marau, Vacaria e Vale Real também participam da iniciativa e devem fazer a entrega dos valores arrecadados no ano durante a Campanha Troco Solidário.

 

Imagens de Adriano Padilha, Marcos Cardoso e Günther Schöler. 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp