Programa de passagens aéreas acessíveis deve ser lançado em junho, diz ministro

Segundo chefe de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, o lançamento foi adiado em razão das enchentes no RS

Publicado por
13:50 - 22/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Programa de passagens aéreas acessíveis deve ser lançado em junho, diz ministro

Ministro Silvio Costa Filho concedeu entrevista nesta manhã (22) a rádios durante programa da Empresa Brasileira de Comunicação | Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil/divulgação

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou nesta quarta-feira (22) que o programa de passagens aéreas acessíveis Voa Brasil deve ser lançado em junho. Em entrevista a emissoras de rádio, ele explicou que o lançamento precisou ser adiado em razão das enchentes no Rio Grande do Sul. A ideia é que sejam oferecidos tíquetes a R$ 200 por trecho a um público definido.

“Ele está pronto. A gente está construindo com a Casa Civil alguns detalhes. A gente estava para apresentar agora, nesse período, mas, por conta da situação do Rio Grande do Sul, todo o nosso esforço, da equipe ministerial, neste momento emergencial, está em atender o estado. A gente espera que, no mês de junho, a gente retome essa discussão e possa finalizar esse programa”, disse.

Esta é a quarta promessa de lançamento do programa. Em outubro, Costa Filho havia prometido a abertura do programa ainda em 2023, estimativa depois adiada para janeiro de 2024. Na sequência, a data marcada foi 17 de abril, projeção que acabou não cumprida.

O governo divulgou que os primeiros segmentos beneficiados serão os aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham até dois salários mínimos e bolsistas do Programa Universidade para Todos (Prouni), cerca de 22 milhões de brasileiros.

*Com informações de Agência Brasil e Poder360

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp