Programa de Gestão de Felicidade é lançado no Fórum da Comarca de Caxias do Sul

Na tarde desta quinta-feira (08), aconteceu o lançamento oficial do FLOW – Programa de Gestão da Felicidade, dedicado aos magistrados,…

Publicado por
18:22 - 08/09/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Programa de Gestão de Felicidade é lançado no Fórum da Comarca de Caxias do Sul

(Foto: Pamela Jantsch / Grupo RSCOM)

Na tarde desta quinta-feira (08), aconteceu o lançamento oficial do FLOW – Programa de Gestão da Felicidade, dedicado aos magistrados, servidores e estagiários do Fórum da Comarca de Caxias do Sul.

O foco do programa são as pessoas, seu bem-estar, que reverbera em profissionais mais produtivos, criativos, motivados e presentes. O Fórum quer sair do “piloto automático”, melhorar processos e métodos organizacionais, refletir sobre questões éticas e bioéticas, desenvolver a saúde mental e emocional (especialmente neste pós-pandemia).

De acordo com a diretora do Fórum, Dra. Joseline Mirele Pinson de Vargas, o projeto busca aumentar o engajamento e motivação dos colaboradores: “Queremos desburocratizar os procedimentos, e, por consequência, trazer mais agilidade para o andamento dos processos, e um melhor atendimento para todos aqueles que buscam o judiciário. O projeto tem como pilares trazer bem-estar para os colaboradores, uma melhor gestão dos nossos processos, nossos procedimentos e desenvolver as lideranças, proporcionar o crescimento das pessoas aqui dentro”.

Após um questionário respondido pelos colaboradores da Comarca, o projeto foi desenvolvido com base em outro realizado em Novo Hamburgo. Guilherme Reolon de Oliveira, gestor de felicidade do programa, explica como foi o processo de desenvoltura do FLOW: “O programa surge a partir de uma conexão entre um projeto de tese de doutorado que eu desenvolvo há três anos, e um projeto que a Dra. Joseline implementou em Novo Hamburgo, super bem sucedido, aliás. Nós unimos esforços de um projeto que basicamente antes era teórico em um projeto que já deu certo aplicadamente. O que a gente busca aqui é o bem-estar dos servidores, estagiários e magistrados, satisfação no trabalho e felicidade no ambiente organizacional”.

O programa vai funcionar com grupos de servidores, estagiários e magistrados, que queiram aderir a proposta. Haverá Workshop, dinâmicas de grupo buscando pertencimento de grupo, pensar na identidade que a instituição tem. Um diagnóstico da cultura organizacional está sendo buscado, para se pensar em qual cultura organizacional o Fórum quer. A partir desse diagnóstico, se elaboram as turmas, os grupos, e se da início ao FLOW.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp