Produtos impróprios para uso são apreendidos em Picada Café e Nova Petrópolis

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (DECON/DEIC), que integram a Força-tarefa Segurança Alimentar,…

Publicado por
10:28 - 05/10/2019

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto:PC/Divulgação)

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (DECON/DEIC), que integram a Força-tarefa Segurança Alimentar, também composta por agentes do Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária e Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, efetuou nessa quinta-feira (3), em Picada Café, a fiscalização em três supermercados e o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão em duas fabricas clandestinas de embutidos. Foram apreendidos diversos produtos impróprios para o consumo, em um total de 1.440 kg, de carnes, bebidas e embutidos sem procedência.

Em Nova Petrópolis, ação fiscalizatória aconteceu em um restaurante, onde se apreendeu 144 litros de bebida sem procedência, 06 bandejas de ovos, 905 kg de carnes bovinas, suínas, frango e pescado, 10 kg de feijão, tudo sem identificação e acondicionamento inadequado. Por tal razão, o restaurante foi interditado pelas autoridades responsáveis pela fiscalização. No total, cerca de 2.500 kg de alimentos impróprios para o consumo humano foram apreendidos e inutilizados pelos agentes públicos.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp