Polícia Civil elucida dois casos de homicídio ocorridos este ano em Antônio Prado

Uma das ocorrências se trata de um crime duplo contra a vida; inquéritos foram remetidos ao Ministério Público

Publicado por
15:40 - 11/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Polícia Civil elucida dois casos de homicídio ocorridos este ano em Antônio Prado. (Foto: Divulgação)

Polícia Civil elucida dois casos de homicídio ocorridos este ano em Antônio Prado. (Foto: Divulgação)

Após cerca de três meses de investigações, a Polícia de Antônio Prado concluiu e encaminhou ao Ministério Público (MP) os inquéritos referentes a dois casos de homicídios, sendo um duplo, que abalaram a cidade, nos primeiros meses deste ano.

O primeiro deles teve como vítima Francisco Alexandre de Oliveira Boeira. O homicídio aconteceu no dia 4 de fevereiro, na Rua Vitorio Facioli, no Bairro Paese Novo. Já o segundo, o duplo homicídio de Bruno da Silva Martins e Emanuel Antonio Cacere, ainda com a tentativa de matar Wagner da Silva Martins. Os crimes ocorreram em 17 de março, na Rua Trento, no mesmo bairro.

As investigações foram conduzidas em duas fases da operação MONTESE, sob coordenação da Delegacia de Polícia de Antônio Prado, com apoio do 36º Batalhão da Polícia Militar, Canil do 12º BPM, Delegacias de Polícia de Flores da Cunha, Ipê, 3ª DP e DRACO de Caxias do Sul, além do suporte das DPs de Estrela e DRACO de Lajeado. Destaca-se a eficaz troca de informações entre a DP de Antônio Prado e o 36º BPM, sediado no Pelotão de Antônio Prado.

Nas duas fases da operação, realizadas em 27 de março e 29 de abril, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão. Eles resultaram em duas prisões temporárias, uma apreensão de adolescente em Estrela, e duas prisões preventivas decretadas.

Os suspeitos identificados nos dois casos têm 23, 24 e 30 anos. Além deles, mais dois adolescentes de 16 anos cada um. Todos os envolvidos foram recolhidos ao sistema prisional por prisões preventivas ou à Fundação de Atendimento Socioeducativo, em virtude da decretação da internação provisória.

Com o encerramento das investigações e a remessa dos inquéritos ao Ministério Público, que vai analisar os indícios, antes de encaminhar ao Judiciário. Entretanto, é importante ressaltar que outros três casos de homicídios ainda estão sendo investigados pelas autoridades policiais de Antônio Prado.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp