Pesquisadores do IFRS de Farroupilha são destaque em ranking internacional

A divulgação dos resultados ocorreu no mês de novembro

Publicado por
08:12 - 12/12/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Pesquisadores

Foto: Arquivo/Leouve

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) tem 29 pesquisadores compondo o AD Scientific Index 2023, um ranking internacional de produção científica. Figuram na lista estudiosos considerados referência no mundo, a partir da produtividade registrada nos últimos cinco anos. A divulgação dos resultados ocorreu no mês de novembro.

No campus de Farroupilha, são dois pesquisadores que aparecem na lista, Felipe Sampaio, da área de informática e atual coordenador de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do campus; e Ivan Jorge Gabe, da área de engenharia elétrica e que atua, entre outras temáticas, em pesquisas de energia renovável.

Felipe destaca que o investimento no ramo é necessário:

“Muito importante receber, pelo segundo ano, um reconhecimento como este. Isso demonstra nossa relevância dentro do contexto científico e tecnológico. Temos que cada vez mais valorizar o que é produzido pela comunidade acadêmica do IFRS, nas mais diferentes áreas de pesquisa.”

Este foi o terceiro ano consecutivo que servidores do IFRS entram na lista. Para a pró-reitora adjunta de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Marilia Bonzanini Bossle, esse ranking é interessante porque destaca pesquisadores que têm publicado artigos acadêmicos em periódicos de relevância e de reconhecimento internacional e tendo o seu trabalho lido e citado.

Ou seja, o conhecimento construído por meio das pesquisas acadêmicas está sendo disseminado para outros públicos, países, regiões e áreas acadêmicas e produtivas.

Para compor o ranking, são usados os valores totais e dos últimos cinco anos de índices que consideram a quantidade de citações dos trabalhos publicados, a partir do ranking Google Scholar

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp