Perícia realiza 1ª simulação de perseguição que resultou em morte de jovem em Caxias do Sul

Jovem morreu com um tiro na cabeça em junho de 2021

Publicado por
00:11 - 06/04/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Fotos: Wellington Frizon / Grupo RSCOM

Ocorreu na noite desta terça-feira (5), a 1ª reprodução simulada da perseguição que resultou na morte do jovem Matheus da Silva dos Santos, de 21 anos, no dia 6 de junho de 2021, em Caxias do Sul. A vítima morreu com um disparo de arma de fogo na cabeça no bairro São José, na Zona Norte da cidade.

A ação foi realizada por peritos criminais do Instituto-Geral de Perícias (IGP). Participaram da simulação policiais civis, bem como fiscais de trânsito, os quais realizaram os bloqueios nos trechos onde a reprodução ocorria. Os trabalhos iniciaram na Rua Moreira César, quase esquina com a Rua José de Carli (local onde a perseguição iniciou), sendo prolongada até a esquina das ruas Ludovico Cavinato e José Venzon Neto. Após isto, a equipe de perícia, bem como os policiais e fiscais, retornaram ao ponto inicial.

Conforme o delegado Caio Márcio Brisolla Fernandes, titular da DPHPP de Caxias do Sul, a simulação tem como objetivo confrontar versões eventualmente incongruentes por meio das investigações por parte da perícia, e, desta maneira, estabelecer a real dinâmica do contexto, identificando a autoria do único disparo responsável por causar a morte de Matheus.

Familiares e amigos realizaram manifestações da Rua Moreira César, pedindo por Justiça.

Entenda o caso

Matheus conduzia um VW / Parati e, na Rua Moreira César, no dia 06 de junho de 2021, durante uma tentativa de abordagem por parte de agentes da Secretaria Municipal de Urbanismo, ele ignorou a ordem de parada e fugiu. Conforme informações, Matheus não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante a fuga, ao acessar a Rua Ludovico Cavinato, na contramão, acabou colidindo contra o muro de uma residência na esquina com a Rua José Venzon Neto, e, em seguida, foi baleado na cabeça, morrendo na hora.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp