Perícia identifica ossada encontrada em janeiro de 2021 em Caxias do Sul

No dia 26 de janeiro de 2021, o Instituto Geral de Perícia e Polícia Civil, por meio da Delegacia de…

Publicado por
06:21 - 29/07/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Perícia identifica ossada encontrada em janeiro de 2021 em Caxias do Sul

Foto: IGP / Divulgação

No dia 26 de janeiro de 2021, o Instituto Geral de Perícia e Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios foram acionadas até a Rua Ângelo Basso, distrito de Galópolis, em Caxias do Sul. Naquela tarde, foi encontrado uma ossada humana em um local de difícil acesso.

Para auxiliar na ocorrência o Corpo de Bombeiros foi acionada para a retirada dos restos mortais. Ao lado dos ossos haviam objetos queimados, de acordo com o boletim de ocorrência. Após perícia, a ossada foi recolhida e encaminhada ao Instituto Geral de Perícias.

Após um ano e seis meses, a seção de antropologia forense do IGP conseguiu identificar a ossada como sendo de Adriano Alencar Silva, que na época tinha 31 anos, natural da Paraíba. Ele é nascido em 22 de dezembro de 1989. O homem estava registrado como desaparecido nos sistemas policiais.

O IGP informa que os restos mortais de Adriano Silva estão disponíveis para que os familiares façam a retirada no DML de Porto Alegre.

Confira também no Portal Leouve

Confirmado o primeiro caso de Varíola dos Macacos em Caxias do Sul

Secretaria da Saúde de Caxias do Sul (SMS), informa que um caso de Varíola dos Macacos foi confirmado no município. Trata-se de moradora de Caxias, adulta, que não tem histórico de viagem internacional. O Estado emitiu a confirmação nesta quinta-feira (28).

A paciente procurou a rede de saúde, recebeu atendimento médico e foi orientada a permanecer em isolamento domiciliar mesmo antes do resultado do exame. Com a confirmação, a Vigilância Epidemiológica da SMS passa a realizar o acompanhamento de todos os contatantes em busca de possíveis casos suspeitos. A paciente segue sendo monitorada. (Reportagem coleta no link acima).

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp