Pepe Vargas defende eleições diretas após escândalo envolvendo Michel Temer

O deputado federal caxiense Pepe Vargas reagiu rapidamente às gravações em que o presidente Michel Temer (PMDB) autoriza a compra…

Publicado por
21:19 - 17/05/2017

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Deputado Federal se posicionou logo após a divulgação das gravações (Foto: Divulgação)

Deputado Federal se posicionou logo após a divulgação das gravações (Foto: Divulgação)

O deputado federal caxiense Pepe Vargas reagiu rapidamente às gravações em que o presidente Michel Temer (PMDB) autoriza a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados duardo Cunha (PMDB).

Ainda no plenário da câmara dos deputados, Pepe Vargas defendeu a realização de eleições diretas. “Precisa ter eleições diretas já para eleger um governo que seja legítimo e do voto popular. Que antecipem-se as eleições, inclusive para deputado e para senadores, para passar o Brasil a limpo”, disse o deputado em seu perfil no Facebook.
Pepe também questionou a ausência de protestos da população logo após a divulgação das gravações. “As pessoas precisam protestar. Onde é que estão os batedores de panela? Onde estão essas pessoas que diziam que o JBS era do filho do Lula? Está na hora de bater panela contra o Temer, contra a reforma da previdência e contra o fim da CLT”, disse o deputado.

A sessão da Câmara dos Deputados foi imediatamente suspensa após a divulgação das gravações.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp