Parquímetro desativado continua recebendo dinheiro em Caxias do Sul

Desde o dia 30 de maio, o estacionamento rotativo (Zona Verde) não é mais cobrado no lado esquerdo da Rua…

Publicado por
16:18 - 04/08/2017

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Desde o dia 30 de maio, o estacionamento rotativo (Zona Verde) não é mais cobrado no lado esquerdo da Rua Alfredo Chaves entre a Rua Dom José Barea e a Avenida da Vindima, porém um parquímetro instalado em frente a prefeitura de Caxias do Sul continua recebendo moedas.

Parquímetro está localizado em frente a Prefeitura de Caxias do Sul. Foto: Gerson Felippi Junior

Apesar de o equipamento estar desligado, a falta de uma sinalização acaba fazendo com que muitos motoristas desavisados percam as moedas depositadas nesse parquímetro. Esse é o caso do empresário Vilmar Bugg, que no início da tarde desta sexta-feira, dia 4, perdeu R$ 1,00 na máquina.

“Aqui não tem uma placa indicando que não está mais havendo cobrança, eu nem sabia também. Isso mostra mais uma irresponsabilidade da empresa e a desorganização nessa via”, esbraveja.

O taxista Daniel Mazieiro trabalha em frente ao parquímetro citado, ele conta que sempre que consegue avisa as pessoas que o equipamento está desativado, mas nem sempre consegue.

“A gente vê todo dia, o pessoal chega ai estacionar os carros e vão colocar a moeda, alguns a gente avisa quando a gente vê. O pessoal do parquímetro vem retirar as moedas e não colocam nada ali sinalizando que não funciona mais, acho que estão até se aproveitando disso”, destaca.

REK-PARKING RETIRARÁ O EQUIPAMENTO DO LOCAL

Gilson de Lara, gerente operacional da Rek-Parking, empresa responsável pela exploração do estacionamento rotativo nas ruas de Caxias do Sul, explica que o parquímetro deverá ser retirado do local até a próxima segunda-feira, dia 7, e que ele não havia sido retirado antes pois a empresa aguardava pela confirmação da Prefeitura se as alterações no trânsito na Rua Alfredo Chaves seriam definitivas. O gerente ainda revela que cartazes foram colocados no equipamento para avisar da mudança, mas eles foram arrancados por vândalos.

“Essas mudanças demandam tempo, existe um período de transição. A gente tinha cartazes mas naquela região existe bastante vandalismo, provavelmente o pessoal tem retirado, uma ou duas vezes por semana estávamos repondo os cartazes. Até segunda-feira encerra o prazo e ele será retirado” explica.

Os valores que estiverem dentro do equipamento serão repassados à prefeitura.

Confira o teste que a reportagem do Leouve fez no parquímetro:

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp