Os nossos pets e os banhos de sol

Leia mais Conheça Luchezi Assador, novo titular do Cozinha Viva Confira a programação do Corpus Christi com os tradicionais tapetes…

Colunista
Blog dedicado ao mundo dos pets com artigos produzidos pela classe veterinária e especialistas. Os textos têm como objetivo ajudar tutores com o dia a dia dos seus melhores amigos.
09:48 - 06/07/2022

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Nossos bichinhos amam tomar banho de sol, não é mesmo? Agora no inverno, estão sempre procurando o sol para se aquecer e muitos, mesmo no verão, não deixam de tomar seus banhos de sol diários.

Porém, isso pode ser perigoso para a saúde dos pets! Assim como em pessoas, os animais podem desenvolver queimaduras e câncer de pele.

Por isso, a exposição ao sol deve ser evitada nas horas mais quentes do dia (entre 10h e 16h) e também deve-se utilizar bloqueador solar nas áreas em que não há pelos. O protetor solar físico é o mais indicado para os pets, uma vez que é seguro e atóxico, sua ação é através da formação de uma película protetora externa, esbranquiçada, que bloqueia a penetração dos raios UVA e UVB.

Em animais de pelagem clara e pele rosada devemos ter mais atenção ainda. Fique sempre atento à pele do seu pet e, caso apareça qualquer nódulo ou manchinha leve para uma avaliação veterinária. Quanto antes iniciar o tratamento, maior é a chance de cura de câncer de pele.

 

Med. Vet. M.a Larissa Dariva

– Graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – 2015
– Residência em Cirurgia de Pequenos Animais, UFRGS – 2018
– Mestrado em Ciências Veterinárias – ênfase em Videocirurgia, UFRGS – 2020
– Sócia do Colégio Brasileiro de Endoscopia e Videocirurgia Veterinária (CBEVV)
– Atualmente é cirurgiã na Clínica de Pequenos Animais da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e cirurgiã volante em Caxias do Sul e região.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp