Novidade no RS, Farroupilha usará drone na pulverização de biolarvicida contra a dengue

Primeira ação deve ser realizada no dia 07 de maio, no Kartódromo Municipal

Publicado por
07:53 - 24/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
FARROUPILHA

Foto: Prefeitura de Farroupilha/Divulgação

O município de Farroupilha vai realizar uma ação pioneira no Rio Grande do Sul relativa ao combate à dengue. Segundo a Secretaria da Saúde, através de um termo de cooperação assinado com a empresa farroupilhense Migra Soluções em Mobilidade, um drone será usado para a aplicação de um biolarvicida contra possíveis criadouros de difícil acesso e áreas extensas na cidade.

A primeira ação deve ser realizada no dia 07 de maio, uma terça-feira, no Kartódromo Municipal César Francischini. A escolha do local foi feita por ser um local aberto e com poucos pontos de bloqueio para o equipamento que mede cerca de dois metros de envergadura. Após, a ação deve ser realizada em outros pontos da cidade.

Conforme o titular da pasta, Thiago Brambilla, o objetivo da ação é dar uma cobertura ainda maior na proteção contra a proliferação do mosquito em Farroupilha:

”É uma ação moderna e inovadora que vai ampliar o nosso combate ao Aedes aegypti. Hoje já realizamos visitas periódicas com nossos agentes de endemias, campanhas de cuidados, mutirões e os fumacês. Na apresentação do equipamento para a nossa equipe já percebemos o quão eficiente ele pode ser e temos uma ótima expectativa sobre este sistema”, disse.

Devido ao seu tamanho e complexidade, são necessários três dias úteis para a liberação das licenças emitidas pelos órgãos estaduais e federais. Conforme dados da Migra, o equipamento é o mesmo utilizado na agricultura de precisão, com a possibilidade de cobertura de até dois hectares (20 mil metros quadrados) em apenas 10 minutos.

Além disso, é recomendado que a população não se aproxime do local da aplicação, mesmo o produto não sendo tóxico aos seres humanos.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp