Noções de primeiros socorros para professores passa a ser lei em Farroupilha

O presidente da Câmara de vereadores, Sandro Trevisan, que assumiu como prefeito de Farroupilha, entre a segunda e quarta-feira encerrou…

Publicado por
14:23 - 01/08/2019

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Foto: Divulgação/Gabriel Venzon

O presidente da Câmara de vereadores, Sandro Trevisan, que assumiu como prefeito de Farroupilha, entre a segunda e quarta-feira encerrou sua gestão convidando os vereadores para juntos acompanharem a sanção dos Projetos de Lei aprovados pelos parlamentares nesta semana.

Ao todo foram cinco projetos sancionados, entre eles, o de maior repercussão na Câmara foi a lei que obriga a orientação de primeiros socorros para professores e funcionários de escolas.

O texto originalmente partiu da Câmara de Vereadores, através do vereador Jonas Tomazini, porém por estar caracterizado como vício de origem, necessitou voltar à pauta da Casa como proposição da prefeitura. Diferentemente do proposto por Tomazini, popularmente conhecida como Lei Lucas, o atual projeto sancionado não obriga a orientação para os estudantes.

Segundo os vereadores, será feito um novo estudo para que Farroupilha também conte com a capacitação de jovens em atendimento de primeiros socorros e treinamentos para casos de situações de risco.

Trevisan retorna nesta quinta-feira ao Legislativo. O prefeito Claiton Gonçalves, que estava de férias, assumiu hoje os trabalhos.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp