MP divulga lista dos locais investigados pelos “hambúrgueres de cavalo” em Caxias do Sul

Conforme o promotor Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, também foram identificados estabelecimentos comerciais que realizavam aquisições de carne dos…

Publicado por
17:21 - 17/12/2021

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Conforme o promotor Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, também foram identificados estabelecimentos comerciais que realizavam aquisições de carne dos investigados. Apenas em um deles (Bom Gosto) foi constatada a presença de carne de cavalo e problemas microbiológicos.

A lista abaixo, conforme o Ministério Público, refere-se aos estabelecimentos que não possuíam conhecimento de que as carnes vendidas eram de cavalo

1. Lancheria Xis da Fronteira – Rua Evaristo de Antoni, 2624, Bairro São José, Caxias do Sul.

2. Bom Hamburgueria – Rua Cantídio Ribeiro de Lima, 1200, Bairro São Caetano, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“Estamos todos consternados e receosos com a divulgação do nome da nossa empresa na referida listagem. Sempre trabalhamos com produtos de qualidade, com produção própria dos hambúrgueres que utilizamos em nossos lanches. Hoje nos sentimos vítimas tanto quanto são vítimas nossos consumidores finais, e queremos acreditar que nosso fornecedor, empresa também citada na listagem, também seja vítima desta quadrilha que nos trouxe tantos problemas. Estamos dispostos a qualquer esclarecimento, tanto para a população, quanto ao MP/RS, e não menos importante, aos administradores das páginas de mídia social que estão divulgando atividade todos os passos e atualizações da operação. Contudo, é de salutar importância requerer à população que leia a matéria divulgada na integra, pois como nela mesmo está descrito, apenas uma casa de lanche da cidade teve seus testes positivados, e que o restante dos estabelecimentos não tinham conhecimento de que também estavam sendo vitimados.

3. Mercado TodoDia, Rua Eugênio Nicoletti, 1163, Caxias do Sul/RS.

4. Mega Pão Padaria e Confeitaria, Rua Dr. Assis Antonio Mariane, 895, Esplanada Caxias do Sul/RS.

5. Restaurante Boccaccio, Rua Moreira Cesar, 1031, Bairro Pio X, Caxias do Sul/RS.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Restaurante Boccaccio nega as irregularidades atribuídas na compra de carne investigada pela Operação  Hipo.
Esclarece que adquire seus produtos de fornecedores e supermercados idôneos, mediante notas fiscais que obedecem rigorosamente às regras sanitárias. Negamos qualquer aquisição e envolvimento em atos ilícitos e primamos pela qualidade dos produtos adquiridos,  a higiene e fiscalização sanitária do estabelecimento, o que é atestado pelos frequentadores ao longo de mais de 28 anos de existência do Restaurante Boccaccio.
Estranhamos, ainda, o fato de que não tenhamos sido chamados para prestar esclarecimentos das supostas irregularidades e estamos a disposição das autoridades para auxiliar na apuração, pois a inclusão de  nosso restaurante na lista é  um grave erro tendo em vista que sequer recebemos qualquer notificação das autoridades, nem tampouco sofremos qualquer fiscalização para apurar os fatos. Confiamos na apuração pelas autoridades com o devido respeito ao direito de defesa.

6. Sansema Comércio de Alimentos, “Sacolão Madureira”, Rua Domingos Vanoni, 400, Bairro Madureira, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Sou ex-proprietaria do Sacolao Madureira, minha razão social nunca foi “Sansema”. Peço a correção dessa informação, pois no período que estive a frente do Sacolão recebia correspondência pra essa razao social ,ou seja, do  proprietário anterior que esteve no mesmo endereço antes da minha aquisição. Peço que retirem o meu antigo nome fantasia e corrijam a informação pois não temos ligação alguma. Comprei esse comercio em abril de 2018 e em dezembro do mesmo ano , fechei o açougue justamente pelo alto preço da carne e a minha venda de carne não conseguir se auto sustentar. Em todo esse período tenho notas fiscais que ainda guardo inclusive ainda tenho dividas com esses fornecedores devido ao tamanho do prejuízo. Em 2019 reabri apenas com Padaria não comercializando mais nenhum tipo de carne. Ao final de 2020 encerrei as atividades por não resistir a crise econômica devido a pandemia. Devido aos altos impostos nessa nossa ” Terra adorada” a grande maioria dos pequenos empresários que tentam trabalhar dentro da lei não resistem por muito tempo. Meus advogados estão a par dessa publicação, no momento peço apenas que divulgue o nome fantasia correto da razão social citada ” Sansema Comercio de Alimentos” que ainda atua aqui em Caxias e é muito conhecido das suas reportagens.

7. Super Rio Branco, Avenida Rio Branco, 1324, Bairro Rio Branco, Caxias do Sul/RS.

8. Imperial Burguer, Rua Angelo Agostini, 790, Bairro Pioneiro, Caxias do Sul.

9. Dogão Lanches, Avenida Doutor Assis Antonio Mariani, 578, Bairro Esplanada, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Restou divulgado na última sexta-feira, dia 17/12/21, lista de locais investigados pelos “hambúrgueres de cavalo”, e entre os estabelecimentos que constam na lista o de DOGÃO LANCHES. Conforme consta da reportagem foi informado pelo Ministério Público que a lista divulgada refere-se a estabelecimentos comerciais que não possuíam conhecimento de que as carnes vendidas eram de cavalo. A DOGÃO LANCHES se manifesta no sentido que a inclusão na referida lista foi, no mínimo, temerária por parte do Ministério Público, pois em nenhum momento nem o Ministério Público ou qualquer outro setor de fiscalização pública entrou em contato para eventuais esclarecimentos, razão porque da presente nota para, no mínimo, que também se faça publicar em respeito ao contraponto da pessoa jurídica citada. Refere o representante do Ministério Público, inclusive em vídeo, de forma genérica, que a referida lista diz respeito aos estabelecimentos que foram vítimas dos investigados. Com a máxima vênia ao representante do Ministério Público, e sem adentrar no mérito, já que a defesa ainda não obteve acesso ao Inquérito, mas a DOGÃO LANCHES comunga com o entendimento que se houve efetivamente um crime pelos acusados, deve haver punição, assim como devem ser punidos todos que de alguma forma compactuaram com eventual ilegalidade. CONTUDO, há que ser observado os trâmites legais e necessários do devido processo legal, onde acusação e defesa têm pesos idênticos, devendo ser respeitado, acima de tudo, o direito ao contraditório. Agir de forma precipitada, saltando etapas do trâmite exigido, é violar o sistema jurídico. No presente caso, tais princípios não restaram observados, pois não oportunizado o contraditório, pois o representante legal nunca foi chamado para prestar esclarecimento sobre os fatos, e a divulgação do Ministério Público do nome da DOGÃO LANCHES, ainda que como vítima, com a indicação de que adquiria carne de cavalo não é verdadeira. Especificamente, a DOGÃO LANCHES efetivamente recebeu a oferta da carne por parte de um dos suspeitos, no entanto, após verificar a total falta de qualidade do produto oferecido e falta de comprovação da procedência, não utilizou a carne, e não fez nenhuma encomenda com o investigado, conforme faz prova ATA NOTARIAL providenciada pelo representante legal da DOGÃO LANCHES, com as mensagens telefônicas trocadas com o suspeito. Tais esclarecimentos estão sendo expostos por meio da presente Nota de Esclarecimento à mídia, justamente porque tomou conhecimento por meio da publicação feita pela mídia escrita, pois NUNCA FOI CHAMADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO OU OUTRO SETOR DE FISCALIZAÇÃO PÚBLICA. A DOGÃO LANCHES, por meio da Assessoria Jurídica, está providenciado pedido expresso de RETRATAÇÃO junto ao Ministério Público, inclusive anexando a ATA NOTARIAL antes referida. Assim, a DOGÃO LANCHES sempre primando pela qualidade dos produtos oferecidos e respeito ao cliente, se coloca à disposição para mais esclarecimentos, inclusive por meio da Assessoria Jurídica, MO ADVOCACIA E ASSESSORIA JURÍDICA, OAB/RS 116.038

10. Restaurante Forno e Fogão, “Sabor e Cia”, Rua 20 de Setembro, 2684, Bairro São Pelegrino, Caxias do Sul.

11. Restaurante La Matteo, Rua Matteo Gianella, 620, Bairro Santa Catarina, Caxias do Sul.

12. Restaurante Nona Justina, Rua Conselheiro Dantas, 1459, Caxias do Sul.

13. Alligator Steak House & Craft Beers, Rua Os 18 do Forte, 1525, Bairro Centro, Caxias do Sul.

Nota de Esclarecimento

O Alligator Steakhouse & Beers vem a público informar seus clientes e a comunidade em geral que mantem rígido controle de qualidade de matérias primas, insumos e fornecedores, e que jamais adquiriu, utilizou ou serviu alimentos sem procedência certificada ou em desconformidade com as regras e normas de higiene e boas práticas na alimentação.
A indicação do Alligator na lista de estabelecimentos investigados pelo Ministério Público causa surpresa e certamente é equivocada. Desconhecemos o motivo pelo qual o nome Alligator foi envolvido na investigação. Certo, contudo, que o Alligator deseja o aprofundamento das investigações e apuração dos fatos e a responsabilidade dos culpados. A conclusão das investigações apontará que o Alligator não deve constar na malfadada lista.

14. Vitrine Burguer, Rua Adriano Norberto Mussoi, 247, Bairro Santa Catarina, Caxias do Sul.

15. La Romagna Pizzaria, Rua Doutora Beatriz Bedin, 284, Bairro Charqueadas, Caxias do Sul.

Nota de Esclarecimento

“Queridos clientes
Fomos pegos de surpresa com a notícia veiculada no dia de hoje, em qual consta nosso estabelecimento em uma lista da investigação do Ministério Público – ato esse que sempre respeitamos e defendemos.
Informamos aos nossos clientes, comunidade e todas as autoridades que estamos à inteira disposição para quaisquer esclarecimentos, e de portas abertas. Repudiamos toda e qualquer prática que não siga as restritas regras de boa alimentação, higiene, cuidado e o tradicional carinho de nossas pizzas. Somente adquirimos ingredientes de estabelecimentos conhecidos, com comprovação fiscal e seguindo essas regras. Nossa família come diariamente as pizzas da La Romagna Pizzaria. Alimentação é coisa séria! Estamos buscando esclarecimentos. Desde já, nosso fraterno abraço a todos!”

16. Restaurante Canto Verde, Rua Feijó Junior, 135, Bairro São Pelegrino, Caxias do Sul.

17. Pizzaria Casa Nossa, Avenida Rio Branco, 1400, Bairro Rio Branco, Caxias do Sul.

Nota de Esclarecimento

Antes de tudo, importa frisar que NUNCA servimos carne sem procedência na Casa Nossa. Estamos tomando as medidas legais cabíveis visando o esclarecimento do transtorno causado pelo fato da inclusão do nosso estabelecimento nessa lista, sendo uma informação totalmente falsa, haja vista trabalharmos com fornecedores credenciados e de notória qualidade nos produtos fornecidos. Quem conhece nossa empresa, nossa história e os empresários por trás da nossa marca, sabe do nosso comportamento, nossa índole e conduta, além dos nossos fornecedores.  Estamos seguros e tranquilos de que a verdade logo virá a tona. Fiquem tranquilos em relação aos nossos produtos e sua qualidade, pois quem é cliente da Casa Nossa conhece a seriedade, sendo que nossa cozinha sempre esteve e sempre estará aberta para visitas. Acima de tudo, já temos parceria há anos com o fornecedor Novilho Premium onde garantimos a segurança e qualidade nas carnes que são colocadas nas nossas pizzas NUNCA SERVIMOS CARNE DE CAVALO OU SEM PROCEDÊNCIA EM NOSSO RESTAURANTE! Estamos com a consciência tranquila e transmitimos aos nossos clientes o mesmo sentimento. Fiquem tranquilos que a VERDADE será posta a mesa e esclareceremos essa errônea inclusão de nosso nome nesta lista. Vamos até o fim com este assunto e postamos nosso posicionamento pois não temos NADA a temer. Pois quem não deve, não teme! E mais uma vez, pedimos o entendimento dos nossos clientes que não temos nada haver com os boatos que estão circulando. Como forma de demonstração e comprovação da responsabilidade empresarial, traremos ao conhecimento público as notas e comprovantes de aquisição das matérias primas utilizadas em nossas pizzas Temos certeza que o transtorno causado será devidamente reparado e buscaremos a retratação perante as entidades públicas responsáveis, bem como perante os veículos de imprensa, repudiando qualquer atitude precoce e inconsequente.

18. Date Gastronomia e Conveniência, Rua Marechal Floriano 1557, Caxias do Sul.

Nota de Esclarecimento

Nós, proprietários do Date – Conveniência e Gastronomia, viemos por meio da presente nota de esclarecimento demonstrar espanto e repúdio com relação a condução das investigações concernentes à utilização de carnes de procedência irregular e de integridade sanitária obscura.A empresa, por diretriz e princípios, sempre atuou dentro da legalidade prezando de forma consistente pela qualidade dos produtos e serviços ofertados.  Temos o controle e rastreio de todos os fornecedores e produtos adquiridos conforme legislação tributária e sanitária exigível.  Somos consumidores diários de nossos próprios produtos, sendo impensável que alçaríamos a qualquer pessoa algo que nós próprios não consumíssemos. Apesar de toda a abertura que a legislação confere ao ente público (Vigilância Sanitária, Ministério Público e órgãos públicos correlatos) jamais fomos abordados, vistoriados ou chamados a prestar qualquer esclarecimento sobre qualquer dos procedimentos de aquisição, manuseio, acondicionamento, preparo e comercialização de nossos produtos. Estamos abertos e disponíveis para prestar quaisquer esclarecimentos, bem como providenciar a entrega de quaisquer documentos que atestem a nossa atuação (seja através da responsável técnica ou de nossa contabilidade).

19. Imperador Lanches, Avenida Rio Branco, 380, São Pelegrino, Caxias do Sul.

20. Massas da Nona Consultoria Gastronomia Ltda., Rua João Costamillan, 196, Nossa Senhora de Lourdes, Caxias do Sul.

21. Jorge Vargas, Rua Guia Lopes, 324, Caxias do Sul.

22. Mozzarella Pizzaria, Avenida Doutor Assis Antônio Mariani, 307, Caxias do Sul.

Nota de esclarecimento

“A Pizzaria Mozzarella que teve na data de hoje divulgação de seu nome na lista dos estabelecimentos envolvidos na aquisição de carne de cavalo. Como exposto na reportagem, gostaríamos de maiores esclarecimentos a cerca da referida divulgação haja vista a mesma não concorda com a referida menção, e gostaria de possui informações concretas quanto ao referido embasamento e resultados demonstrativos de tal afirmação”

23. Fontana e Camargo Pizzaria Ltda., Avenida Pedro Grendene, 640, Bairro Volta Grande, Farroupilha.

24. Casa Fermiano – Rua Francisco Getúlio Vargas, 919, sala 03, Bairro Petrópolis, Caxias do Sul.

25. Xis da Rose – Rua Homero Ivo Festugatto, 1725, Bairro São Victor Cohab, Caxias do Sul.

26. Dippy’s Burguer – Av. Serrano Santo Antonio, 562, Serrano, Caxias do Sul.

27. Juca Lanches – Rua Dr. Césare Ardizone, 1006, Nossa Sra. de Fátima, Caxias do Sul.

28. Maria da Toca – Av. Julio de Castilhos, 2940, São Pelegrino, Caxias do Sul.

29. Hamburgueria Monteiro – Rua Ten. Jorge Adão Charão, 272, Bairro Santa Fé, Caxias do Sul.

30. Xiclé Lanches – Av. Rio Branco, 4949, Bairro Ana Rech, Caxias do Sul.

31. Hiper Burger – Rua Moreira César, 644, Bairro Pio X, Caxias do Sul.

NOTA HIPERBURGER

O episódio da operação Hipo, chocou toda a população caxiense, assim como, tomou proporções nacionais. Para nós, essa indignação fica potencializada ao máximo, pois mancha um trabalho sério e comprometido com a satisfação de nossos clientes, que sempre foi a tônica de todos os funcionários que estão ou passaram por aqui, desde nossa fundação.

Aos nossos clientes e público em geral, afirmamos que, em fiscalizações realizadas pela Vigilância Sanitária, apresentamos todos os documentos solicitados e inclusive, as notas fiscais de todos os produtos de origem animal, os quais servem de matéria prima para nossos pratos e lanches.

Ressaltamos que NÃO HÁ qualquer evidência ou prova que comercializamos proteína de caráter duvidoso ou impróprio e jamais nos furtaremos de explicações e esclarecimentos aos nossos clientes e principalmente, a qualquer órgão regulador.

Sabemos das dificuldades de assimilação da verdade por parte da população em geral, em meio a tantas informações desencontradas e por vezes, maldosas que são despejadas em redes sociais e grupos de whatsapp , cientes , permaneceremos firmes com a seriedade, transparência e respeito que nossos clientes e consumidores merecem.

Ademais, entendemos que a famosa reputação do “X de CAXIAS” ,que todas as casas ajudaram a realizar, cada uma em seu espaço e tempo, não pode ser sepultada porque UMA pessoa, em momento infeliz ,resolveu em silencio , quebrar o principio da boa fé e ,por motivos que a justiça terá de apurar ,barbarizar animais e enganar de forma vil, uma boa parcela da comunidade.

Acreditamos na justiça para todos!

32. 100% Lanches – Av. Brasil, 101, Jardim América, Caxias do Sul.

33. Piqueno Lanches – Rua 20 de Setembro, 1204, Bairro Centro, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Boa noite !

O Piqueno Lanches nega qualquer irregularidades nas compras de carne investigada . Adquirimos nossas carnes de fornecedores e açougues de inteira confiança , onde compramos dos mesmos a mais de 21 anos . Ficamos surpresos pelo fato de nosso nome constar na lista dos investigados , sendo que em nenhum momento fomos chamados para esclarecimento ou algo do gênero, nem sequer recebemos qualquer notificação ou visita das autoridades competentes.
Somos totalmente contra atos ilícitos e temos um nome a mais de 21 anos a zelar . Nossos clientes conhecem o nosso produto e sabem que não iríamos fazer nada que nós prejudicaria e prejudicaria a eles ! Podem ficarem tranquilos que continuaremos a fazer o melhor xis , que é o que a gente sabe fazer ! Estamos a disposição das autoridades para maiores esclarecimentos, tendo em vista o nosso direito de defesa . Trabalhamos sempre com transparência , presamos pelas regras e normas de higiene e boas práticas na alimentação. Contamos com o apoio dos nossos clientes nessa hora tão difícil para nós e peço a compreensão de todos. Abraços.

34. Belvedere Lanches – Rua Monte Castelo, 65, Bairro Panazzolo, Caxias do Sul.

35. Tio Wally Lanches – Rua João Vergani, 1445, Bairro Cruzeiro, Caxias do Sul.

36. Pateta Burger – Rua Dr. Luigi Galichio, 205, Bairro Nossa Sra. de Fátima, Caxias do Sul.

37. 100 % Lanches Ltda. – Avenida Brasil 101, Bairro Jardim América, Caxias do Sul/RS.

38. Agro X Burguer, Rua João Andriolo, 240, Ana Rech, Caxias do Sul.

39. Lancheria L’unique – Rua Feijó Junior 576, Bairro São Pelegrino, Caxias do Sul/RS.

40. Hamburgueria do Claudião – Caxias do Sul.

41. Oficina do Hamburguer, Rua Conde D’eu, 1917, Bairro São Virgilio, Caxias do Sul.

42. Dino Burger , Restaurantes localizados na Rua Francisco Getúlio Vargas n.º 1081, SALAS 01 e 02, Bairro Petrópolis, Caxias do Sul.

43. Container’s Big Bem Lanches / Pizzaria San Diego, Rua Oscar Bertoldo nº 280, Santa Fé, Caxias do Sul.

44. Natural Burger Cruzeiro, Av. Hércules 1844, sala 01, Bairro Cruzeiro, Caxias do Sul.

45. Natural Burger Sagrada Família – Rua Conselheiro Dantas, 1002, Sagrada Família, Caxias do Sul.

46. Chapolin Delivery, Rua Avelino Antônio de Souza, 530, sala 1, Bairro Nossa Senhora de Fátima, Caxias do Sul.

47. Giga Burguer, Rua Doutor Calixto Maximiliano Rasia, 356, Bairro Cidade Nova, Caxias do Sul.

48. Bruce Burger, Rua Doutor Montaury, 1552, Bairro Madureira, Caxias do Sul.

49. Pellin’s Lanches, Rua Garibaldi 1260 Terreo, Centro, Flores da Cunha/RS.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Viemos nos manifestar a respeito da lista em que fomos mencionados. Primeiramente, queremos nos desculpar por qualquer transtorno causado a vocês. Justo nós que sempre prezamos muito pela qualidade. Gostaríamos também de informar que todos nós, dono e funcionários, familiares, consumimos a mesma carne. Jamais poderíamos imaginar algo desta magnitude. O preço era praticamente igual ao mercado e comprávamos lá POUCAS VEZES, apenas quando não conseguíamos produzir o nosso próprio hambúrguer. Lembramos a todos que foram muito bem indicados, empresa há décadas no mercado e com credibilidade no ramo das carnes. Mais uma vez pedimos desculpas a todos e dizer que também fomos vítimas desta quadrilha.

50. Magnifico Lanche, Flores da Cunha.

51. Oriental Lanches, Rua Andradina Fortunato da Silva, 1135, sala 02, Bairro Nossa Senhora das Graças, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

IMPORTANTE ressaltar que a referida lista divulgada refere-se a estabelecimentos comerciais que não possuíam conhecimento de que as carnes vendidas eram de cavalo. Em respeito aos clientes e consumidores em geral, a ORIENTAL LANCHES informa que adquire somente produtos com procedência comprovada, e que se foi vítima dos acusados da operação denominada HIPO desconhece os fatos, pois nunca foi contatado por nenhuma autoridade policial ou órgão fiscalizador, seja do Ministério Público ou do Município. Com a máxima vênia ao nobre representante do Ministério Público que efetuou a divulgação da referida lista, Justiça não se efetiva apenas com o poder da caneta! Há que ser observado, por todos, e também por aqueles que são responsáveis pelo cumprimento da Lei, os trâmites legais e necessários, especialmente o contraditório. E diz-se isso porque no presente caso, confundem-se culpados e inocentes, como se joio e trigo fossem a mesma coisa, pois, na prática, os estabelecimentos citados como vítimas estão sendo vistos como culpados, justamente por terem seus nomes atrelados aos efetivos responsáveis sem ao menos terem sido notificados a prestar qualquer esclarecimento. REPISA-SE, a ORIENTAL LANCHES é a favor da investigação e reprimenda cabível no caso da utilização da carne de cavalo; não compactua, todavia, com estardalhaços precipitados, com pirotecnia midiática em prejuízo de quem, mesmo reconhecido como vítima, tem sua imagem abalada. Assim, a ORIENTAL LANCHES sempre primando pela qualidade dos produtos oferecidos e respeito ao cliente, se coloca à disposição para mais esclarecimentos, inclusive por meio da Assessoria Jurídica, MO ADVOCACIA E ASSESSORIA JURÍDICA, OAB/RS 116.038.

52. Restaurante Lopes – Rua Amadeo Rossi, 471, Caxias do Sul.

53. Bom Gosto Lanches, Av. Júlio Castilhos, 1242, Centro, Caxias do Sul.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

COMUNICADO DA BOM GOSTO LANCHES A SEUS CLIENTES

Nenhuma carne envolvida na Operação Hipo foi encontrada em nosso estabelecimento.

Conforme relatado ao Ministério Público e comprovado por conversas telefônicas interceptadas entre os investigados, a carne foi oferecida a um dos sócios de nossa empresa, que, ao receber o produto, identificou que era de má qualidade e a recusou. Tendo recebido outra embalagem com novo produto, foi entregue diretamente à vigilância sanitária, jamais tendo ficado no restaurante e, menos ainda, sido servido a nossos clientes. Por conta do resultado do laudo dessa embalagem é que fomos inseridos indevidamente na lista, sendo que a carne encontrada em nosso estabelecimento, igualmente periciada, foi 100% aprovada. A inclusão de nossa empresa na lista é um grave erro e uma profunda injustiça, pois a Bom Gosto Lanches apenas auxiliou a investigação a ter provas para responsabilizar os culpados, não tendo sido encontrada pela fiscalização nenhuma carne de procedência irregular em nossas dependências. A Bom Gosto Lanches, há 30 anos, serve exclusivamente alimentação de qualidade e segue todas as normas da vigilância sanitária, tendo seu Alvará Sanitário renovado após ampla fiscalização há poucas semanas, em 25/08/2021. Para garantir ainda mais a qualidade e a segurança dos alimentos servidos em nossa empresa, que possui assessoria de profissional de segurança alimentar, estamos adotando sistema de rastreabilidade que comprova a origem de todos os produtos utilizados em nossa cozinha.

Direção da Bom Gosto Lanches
Escritório Jean Carbonera Advogados – OAB/RS 9.18

54. Xis do Ivo, Bairro Planalto, Caxias do Sul.

55. Mirus Hambúrguer Ltda., localizado à Rua Antônio Gaterman, 1531, Bairro Kayser, Município de Caxias do Sul/RS.

56. Sacolão Kayser Ltda., Rua São Francisco de Paula, 455, Bairro Salgado Filho, Caxias do Sul.

* O Portal Leouve fica a disposição dos citados para encaminharem esclarecimentos. Os mesmos podem ser direcionados para o email [email protected]

 

Relembre o caso:

No dia 18 de novembro, o Ministério Público do Rio Grande do Sul, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, desencadeou em Caxias do Sul a Operação Hipo.

Há cerca de dois meses, as fiscalizações se intensificaram após denúncias de que uma chácara no distrito de Forqueta, era utilizado para abate de cavalos, posteriormente a carne era vendida para hamburguerias, lancherias e mercados do município. Os animais abatidos eram comprados a baixo custo, sendo oriundos de furtos.

Após o abate, as carnes eram levadas para uma hamburgueria clandestina. Neste ponto, as carnes eram processadas e os hambúrgueres produzidos. Seis integrantes da quadrilha foram presos nesta manhã, um deles era responsável para vender os alimentos aos estabelecimentos comerciais.

De acordo com o promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, coordenador do Gaeco – Segurança Alimentar, três lancherias foram visitadas. O DNA de cavalo foi identificado na carne de lanches adquiridos de dois dos estabelecimentos: Mírus Hambúrguer Ltda. ME e Natural Burguer.

No celular de um dos envolvidos, cerca de 20 estabelecimentos comerciais estavam fazendo pedidos entre ontem e hoje em Caxias do Sul.  Ainda, segundo Alcindo Bastos, há informações preliminares de que em torno de 60% das hamburguerias de Caxias do Sul adquiriam produtos desse grupo.

Na chácara inúmeras carcaças foram encontradas enterradas, ainda foram apreendidos cerca de 200kg de costelas de cavalo. Em outros dois pontos fiscalizados pelo GAECO houve a apreensão de 500kgs de hambúrgueres, 830kgs de carnes de cavalos e 115 kgs de carne de suínos. Não se descarta a possibilidade que o grupo tenha atuação em outros municípios da Serra Gaúcha.

Em torno de 70 agentes do MPRS, Brigada Militar e secretarias de Estado da Saúde e da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural participaram da ação, que prendeu seis pessoas, vistoriou oito pontos e incluiu o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão. Das seis pessoas duas delas eram antigos proprietários de mercados, que tiveram seus estabelecimentos fechados pela Vigilância Sanitária de Caxias do Sul.

A seguir, vídeo do promotor Alcindo Bastos.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp