Morre aos 91 anos empresário Germano Gerdau, acionista do grupo Gerdau

Segundo comunicado da companhia, a morte foi por causas naturais

Publicado por
19:02 - 09/09/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Divulgação/Gerdau)

O empresário Germano Gerdau Johannpeter, acionista do grupo siderúrgico Gerdau, morreu nesta sexta-feira (8), no Rio de Janeiro. O comunicado foi realizado somente neste sábado (9), no site da companhia. Germano Gerdau tinha 91 anos. A morte foi por causas naturais.

Gaúcho de Porto Alegre, formou com os irmãos Klaus, Jorge e Frederico a quarta geração da família fundadora da empresa que atua na indústria do aço.

Germano Gerdau iniciou a trajetória de 50 anos na companhia em 1951, como assistente da diretoria da Siderúrgica Riograndense. Ocupou diversos cargos até se tornar, em 1971, diretor-executivo e, posteriormente, membro do Conselho de Administração. Foi responsável pelo desenvolvimento das estratégias comerciais da empresa.

“Os irmãos Klaus, Jorge e Frederico Gerdau Johannpeter reconhecem e agradecem imensamente a capacidade do Germano de conduzir de forma harmônica a relação entre os familiares”, diz trecho do comunicado.

Autor do livro Memórias de Aço, Germano Gerdau deixa duas filhas e seis netos.

Empresa

A Gerdau foi criada em Porto Alegre, em 1901, a partir de uma fábrica de pregos. Hoje está presente em nove países. Tem quase 30 mil funcionários e é a maior multinacional brasileira produtora de aço. Desde 2018, a companhia passou a ser dirigida por um profissional de fora da família fundadora.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp