“Meu nome está sim à disposição”, afirma Fernando Silvestrin sobre concorrer a prefeito de Farroupilha pelo PL

Político recentemente deixou a Secretaria de Agricultura do município

Publicado por
14:05 - 17/10/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
FARROUPILHA

Foto: Gabriel Venzon

Há cerca de um ano para as eleições de 2024, as movimentações políticas começam a ficar mais intensas, e em Farroupilha essas já podem ser percebidas. Fernando Silvestrin, que atuava como secretário da pasta de Agricultura deixou o cargo nesta semana, já visando o pleito do próximo ano.

O presidente do Partido Liberal (PL) no município justificou que no primeiro momento, após desgaste com o serviço público no secretariado, vai se dedicar a cuidar da vida pessoal para posteriormente pensar nas eleições. O objetivo do partido é aumentar sua representatividade não só na região da Serra Gaúcha, mas também em todo o Rio Grande do Sul.

Inclusive Silvestrin garantiu em entrevista exclusiva ao Portal Leouve que seu nome está na mesa para concorrer ao Executivo Municipal no próximo ano pelo partido que preside. Ele inicialmente falou sobre sua saída do governo de Fabiano Feltrin:

“Hoje eu estou como presidente do PL aqui de Farroupilha, eu presido o partido. A gente fez parte de uma coligação na última eleição onde nós apoiamos o atual prefeito Fabiano Feltrin e o vice Jonas Tomazini e o PL também elegeu dois vereadores no município. Fui convidado para ocupar o cargo de secretário da Agricultura, que eu tenho muita gratidão e chegou o momento que nós temos que interromper. Minha saída não é questão pessoal ou política, mas uma questão pessoal, tenho que dar uma atenção pra minha vida pessoal, a função de secretário exige muito tempo, então a gente preferiu sair”, explicou ele.

Mesmo com questões pessoais, ele ainda ressaltou que motivos políticos o fizeram optar por esta decisão:

“O que me motivou também foi uma reunião a nível regional que aonde através do deputado federal Giovani Cherini pediu para mim dar um assessoramento nas pré-candidaturas para prefeito, vice e vereador”, ressaltou Silvestrin.

Existe otimismo por parte do partido de direita em relação ao próximo pleito, onde a base deve ser aumentada nos municípios do Estado, com a eleição de pelo menos 100 prefeitos, 80 vice-prefeitos e mais de 500 vereadores. O crescimento do PL se deu muito depois do ingresso de Jair Bolsonaro à sigla. Em Farroupilha a intenção é preencher a nominata de candidatos a vereador (16), elegendo no mínimo três ou quatro deles.

A criação de alianças fortes será determinante para que o PL consiga atingir os objetivos na região. Sobre candidatos ao cargo de prefeito municipal, Fernando Silvestrin falou da hipótese dele mesmo ser este nome da direita:

“Meu nome já foi cogitado dentro do partido. Claro depende do partido, das coligações, mas meu nome sim já foi indicado pelos partidos. Eu acredito que esteja preparado. Conheço todo o setor público municipal, legislativo, conheço o município de Farroupilha tanto a parte urbana quanto a rural. Meu nome está sim à disposição”, afirmou.

Silvestrin já foi vereador de Farroupilha em duas oportunidades, além de ter ocupado o cargo de secretário por quatro vezes. Ele também já presidiu a Câmara Municipal. Futuramente em uma convenção o candidato do Partido Liberal será conhecido.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp