Mercado Público de Porto Alegre reabre parcialmente nesta sexta-feira

Restaurantes do segundo piso e lojas com acesso direto à rua funcionarão com entrada pela avenida Borges de Medeiros

Publicado por
07:50 - 12/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Mercado Público de Porto Alegre reabre parcialmente nesta sexta-feira

Restaurantes do segundo piso e lojas com acesso direto à rua funcionarão com entrada pela avenida Borges de Medeiros | Foto: Ricardo Giusti / divulgação

O Mercado Público de Porto Alegre será reaberto parcialmente nesta sexta-feira (14). Nesta primeira etapa da retomada, os restaurantes do segundo piso e as lojas com acesso direto à rua poderão funcionar das 8h às 19h. O acesso será pela avenida Borges de Medeiros. A limpeza do complexo foi concluída e a energia elétrica, religada.

A retomada foi definida após reunião entre representantes dos permissionários e da Secretaria Municipal de Administração e Patrimônio (SMAP) na segunda-feira (10). A circulação será restrita, visto que diversas lojas ainda estão em processo de reforma nas instalações.

As bancas voltadas para a avenida Júlio de Castilhos seguem fechadas, uma vez que Trensurb ainda não removeu o lixo e água acumulada na Estação Mercado.

Na terça-feira, 18, as lojas internas do andar térreo poderão funcionar, caso queiram, mesmo que estejam em obras. “A reabertura plena vai depender do cronograma de reconstrução de cada banca”, afirma o secretário de Administração e Patrimônio, André Barbosa.

Cronograma

Após a terça-feira (18), o Mercado voltará a funcionar no horário regulamentar, entre 7h30min e 19h, para todas as lojas, mesmo aquelas que ainda estiverem em reforma. O pagamento dos permissionários seguirá suspenso, independentemente da abertura das lojas, em função de acordo firmado com a prefeitura.

Vigilância Sanitária

Nesta terça e quarta-feira será feita desinsetização da área interna das lojas, e na quinta-feira, 13, ocorre vistoria da Vigilância Sanitária a fim de garantir as condições do Mercado Público para a reabertura.

*Fonte: Correio do Povo

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp