Mercado Livre anuncia investimento recorde de R$ 23 bilhões e geração de 6,5 mil empregos no Brasil

Novos centros de distribuição serão abertos em Brasília, Pernambuco e Porto Alegre; anúncio foi feito durante uma reunião entre o presidente Lula e o CEO da empresa no Brasil, Fernando Yunes

Publicado por
15:02 - 16/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Centro logístico do Mercado Livre, na Grande São Paulo. (Foto: Divulgação/REUTERS)

Centro logístico do Mercado Livre, na Grande São Paulo. (Foto: Divulgação/REUTERS)

Em um movimento significativo para a economia brasileira, o Mercado Livre anunciou um investimento de R$ 23 bilhões para expandir suas operações no país. O anúncio foi feito durante uma reunião na segunda-feira (15) entre o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e o CEO da empresa no Brasil, Fernando Yunes.

Esse investimento histórico, o maior da empresa em seus 25 anos de atuação no Brasil, será direcionado para a abertura de novos centros de distribuição em Brasília, Pernambuco e Porto Alegre. Com isso, o planejamento é gerar cerca de 6,5 mil empregos.

Com a ampliação de sua infraestrutura, o Mercado Livre pretende expandir sua capacidade de entrega rápida, com serviços que podem ser realizados no mesmo dia ou no dia seguinte, em mais cidades do país.

Atualmente, as operações no Brasil representam 52% da receita líquida total da empresa na América Latina. Além disso, o Mercado Livre planeja expandir sua equipe na fintech Mercado Pago, que foi parceira do governo federal no programa Desenrola, de renegociação de dívidas.

Com a ampliação prevista de 22 mil colaboradores para 29 mil até o final deste ano, a empresa também planeja a criação de 5,2 mil empregos na área de logística, 875 na área de tecnologia e os demais em outros setores.

Fundado em 1999, o Mercado Livre opera atualmente em 18 países e emprega cerca de 58 mil colaboradores. Sua plataforma de vendas registra cerca de 3,3 milhões de vendedores por ano e mais de 1 milhão de famílias têm no Mercado Livre sua principal fonte de renda.

O encontro com o presidente Lula contou com a presença do vice-presidente Geraldo Alckmin, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, além de outros ministros.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp