Mano Menezes lamenta eliminação do Inter nos pênaltis para o América-MG na Copa do Brasil

Sob seu comando, esta foi a terceira eliminação nas penalidades máximas

Publicado por
10:00 - 01/06/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
MANO MENEZES INTER

Foto: Reprodução

Mesmo com uma desvantagem de 2×0, o Inter esteve muito perto de uma conseguir uma classificação memorável diante do América-MG no Beira-Rio pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Mesmo abrindo 3×0 no primeiro tempo, o adversário fez o 3×1 e levou a disputa para os pênaltis, eliminando os gaúchos.

Depois do jogo, com semblante abatido, Mano Menezes compareceu para falar de mais uma eliminação nos pênaltis, a terceira desde que assumiu o comando técnico Colorado:

“É muito duro ter que vir aqui pela terceira vez explicar uma eliminação nas penalidades máximas, foram três. A equipe tinha uma missão difícil hoje, reverter um 0 a 2. Propusemos um jogo, fizemos 3 a 0 que foi o placar que ia nos dar a classificação, penso que a equipe foi segura, fez aquilo que estava planejado dentro dos limites que ela tinha hoje. Vale ressaltar que estávamos sem seis jogadores considerados titulares”. Estiveram ausentes deste jogo Bustos, Vitão, Mercado, Alan Patrick, Mauricio, Luiz Adriano.

Posteriormente o comandante do time gaúcho puxou a responsabilidade para si por mais um insucesso do time:

“A responsabilidade é nossa, a gente não pode fugir das responsabilidades da gente. O fato de acontecer isso ou aquilo, das coisas não terem caminhado como deveriam é de responsabilidade nossa e temos que assumi-las”, enfatizou.

Sobre o desempenho, Mano relembrou que muitas vezes classificações são definidas em detalhes, e sobre o volume de jogo nos dois jogos, em sua visão: “É muito absurdo a gente (Inter) não ter passado para as quartas de final”.

No segundo tempo, quando já vencia por 3×0, Renê teve ótima chance de ampliar o marcador, mas errou o alvo, este lance que daria uma tranquilidade maior, por alargar ainda mais a vantagem: “Na minha opinião, quando estava 3 a 0, tivemos a chance para fazer o 4 a 0 e não fizemos”, relembrou.

O time agora segue focado nas outras duas competições que disputa, a Libertadores e o Campeonato Brasileiro, onde o próximo compromisso será no sábado (3), à noite a partir das 21h na Vila Belmiro, diante do Santos. O jogo é válido pela nona rodada do Brasileirão.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp