Juventude faz bom jogo e busca empate em Criciúma na estreia do Brasileirão

Após igualdade em 1×1, time de Roger Machado arranca com um ponto na competição

Publicado por
21:11 - 13/04/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
JUVENTUDE

Foto: Fernando Alves/E.C. Juventude

O Juventude saiu perdendo no primeiro tempo para o Criciúma, com gol de Renato Kayzer, mas teve forças para reagir e empatou, com belo gol de Jean Carlos, na etapa final. O jogo de abertura do Brasileirão 2024 da Série A foi disputado na noite deste sábado (13), no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma. Com o resultado de 1×1, o time do técnico Roger Machado arranca com um ponto na competição nacional.

O primeiro tempo foi bem movimentado. O Juventude teve boa chances, mas desperdiçou, com Gilberto que saiu machucado, e Lucas Barbosa. O Criciúma teve pênalti, mas o VAR marcou impedimento na origem do lance. Minutos depois, aos 35, Marcelo Hermes foi lançado nas costas de João Lucas, jogou para o meio e Renato Kayzer se antecipou, estufando as redes.

O Juventude voltou melhor no segundo tempo. Aos 19 minutos, Jean Carlos empatou, marcando um belo gol, chutando rasteiro no canto direito, após vitória pessoal pela direita. O Criciúma tentou pressionar no final, mas o Juventude controlou bem e ainda teve os contra-ataques, mas o placar não mudou.

Na segunda rodada, o Juventude faz seu primeiro jogo em casa, diante do Corinthians-SP. A partida será na quarta-feira (17), às 20h, no Estádio Alfredo Jaconi.

Ficha Técnica:

Campeonato Brasileiro – 2024 – Rodada 01
Criciúma 1×1 Juventude
Local: Estádio Heriberto Hulse (Criciúma/SC)
Data: 13/04/2024 [Sábado] – 18h30
Arbitragem: Bruno Pereira Vasconcelos, auxiliado por Luanderson Lima dos Santos e por Paulo de Tarso Bregalda Gussen (trio da BA)

Gols: Renato Kayzer (aos 35 do 1°) (C); Jean Carlos (aos 19 do 2°) (J)

Cartões Amarelos: João Lucas, Zé Marcos, Jean Carlos, Gabriel, Rodrigo Sam (J); Felipe Matheus, Marquinhos Gabriel, Trauco, Bolasie (C)

CRICIÚMA: Alisson; Claudinho (Yerson Candelo), Rodrigo, Walisson Maia e Marcelo Hermes; Barreto, Meritão, Marquinhos Gabriel (Matheuzinho) e Fellipe Mateus (Trauco); Eder (Bolasie) e Renato Kayzer (Arthur Caíque). Técnico: Cláudio Tencatti.

JUVENTUDE: Gabriel; João Lucas, Rodrigo Sam, Zé Marcos e Gabriel Inocêncio; Caíque (Thiago Conti), Jadson, Nenê (Marcelinho) e Jean Carlos; Lucas Barbosa e Gilberto (Erick Farias). Técnico: Roger Machado.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp