JTchêJ da Diocese de Caxias do Sul reúne 2 mil pessoas em Caravaggio

Encontro da juventude católica teve momentos de oração, apresentações culturais, oficinas, a Missa festiva e o show nacional com a banda cearense Missionário Shalom.

Publicado por
18:13 - 27/08/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Caravaggio

Caravaggio

“Corações ardentes, pés a caminho” foi o lema da Jornada Diocesana da Juventude (JTchêJ) da Diocese de Caxias do Sul. Mais de 2 mil pessoas passaram pelo evento, no Santuário de Caravaggio, em Farroupilha. Os jovens enfrentaram o frio de 4ºC e a sensação térmica menor ainda e fizeram uma bela festa na esplanada do Coração da Diocese, neste sábado, 26 de agosto. Promovido pelo Setor Juventude, o encontro reuniu jovens dos diversos grupos, movimentos e pastorais, além dos catequizandos de paróquias e comunidades da região.

A atividade, que já passou pelas Regiões de Pastoral de Caxias do Sul, Flores da Cunha – no município de São Marcos, e Garibaldi, além de uma edição realizada de forma virtual, teve programação diversa e simultânea com momentos de oração, apresentações culturais, oficinas e a Missa festiva, que foi o ato central do encontro da juventude católica. No Santuário Antigo, houve adoração permanente ao Santíssimo Sacramento e padres à disposição para o Sacramento da Reconciliação.

Para o assessor do Setor Juventude da Diocese de Caxias do Sul, padre Gustavo Predebon, a Jornada Diocesana da Juventude foi um momento de fortalecer a identidade juvenil católica e expressar o jeito jovem de ser Igreja. “Gratidão é a palavra que fica. Agradecemos a Deus, ao Santuário de Caravaggio, que nos acolheu, à nossa equipe a serviço do Setor Juventude e às equipes que nos ajudaram a construir a 7ª JTchêJ. Precisamos desses momentos fortes de unidade, para extravasar, para nos reconhecermos como juventudes nesse processo de evangelização e de amadurecimento da fé. Além disso, é momento de apresentar, com festa, essa perspectiva de ser um jovem da Igreja aos catequizandos”, salienta.

A Missa, no interior do Santuário de Caravaggio, foi presidida pelo bispo emérito de Caxias do Sul, Dom Alessandro Ruffinoni, que completa 80 anos nesta data. No final da celebração os jovens prestaram uma homenagem ao bispo, que deu início às JTchêJs junto à equipe do Setor Juventude, em 2016.

Na sequência da Missa, celebrada no interior do Santuário de Caravaggio, junto ao palco montado na esplanada, aconteceu o show nacional com a banda Missionário Shalom, formada por jovens membros da Comunidade Shalom de Fortaleza, no Ceará. Durante a apresentação foi anunciada a cidade-sede que acolherá o evento em 2024. A 8ª JTchêJ será em 31 de agosto, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, no distrito de Faria Lemos, em Bento Gonçalves. Os jovens da Região Pastoral de Bento Gonçalves receberam a Cruz Peregrina, o Ícone de Maria e a capelinha do Beato Carlo Acutis, símbolos da Jornada.

“É muito bom, porque a região de Bento Gonçalves foi muito afetada pela pandemia da Covid-19. Nossos grupos sofreram muito e, depois de muita oração e trabalho, foram ressurgindo. Para nós, vermos que somos capazes de receber um evento grande desses, é um sinal de Deus. Por isso, esperamos as juventudes da nossa Diocese de Caxias do Sul em Bento, para celebrar nossa vida e missão”, comemora a presidente do Curso de Liderança Juvenil (CLJ) da Paróquia São Roque de Bento e membro da equipe a serviço do Setor Juventude, Gabriela Toniolli.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp