Incêndio em boate na Espanha deixa 13 mortos; bombeiros procuram por mais vítimas

Causa do incêndio ainda não é conhecida; cidade de Múrcia declarou três dias de luto oficial.

Publicado por
10:50 - 01/10/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

Pelo menos treze pessoas morreram e quatro ficaram feridas em um incêndio na manhã deste domingo (1º) em uma boate em Múrcia, na Espanha, disseram as autoridades locais.

Os serviços de emergência ainda estão no local em busca de mais vítimas. “[O aparecimento de] novas vítimas não pode ser descartado”, afirmaram os socorristas.

A causa do incêndio ainda não é conhecida.

Os feridos são duas mulheres, de 22 e 25 anos, e dois homens, de 41 e 45 anos, que foram todos levados ao hospital devido à inalação de fumaça, informou o site dos serviços de emergência de Múrcia.

Sobreviventes do lado de fora da boate descreveram a cena aos jornalistas enquanto os serviços de emergência realizavam seu trabalho.

“Acho que saímos [da balada] 30 segundos/um minuto antes dos alarmes dispararem e todas as luzes se apagarem, com gritos alertando que havia um incêndio. Naquele momento, eu estava em um local de onde poderia sair, mas cinco familiares e dois amigos estão desaparecidos”, disse um sobrevivente não identificado à Reuters.

Incêndio na manhã deste domingo (1º) em uma boate em Múrcia, na ESpanha, deixou mortos e feridos. / La Opinion de Murcia

“Não sabemos de nada, estamos aguardando notícias para ver se alguns de nossos familiares saíram vivos”, disse outro homem no local.

O governador da região de Múrcia postou no X, antigo Twitter: “Preocupado e consternado com as notícias que chegam de lá (Murcia). Os serviços de emergência continuam trabalhando.”

No momento do incidente foram enviados os serviços de emergência, tendo os bombeiros locais solicitado a intervenção de helicóptero à Direção-Geral de Segurança e Emergências.

“O Diretor Geral de Segurança e Emergências, Ricardo Villalba, está no local coordenando com a Câmara Municipal de Múrcia os meios necessários para gerir esta tragédia”, informaram os serviços de emergência.

“O vice-presidente e ministro do Interior, Emergências e Ordenamento do Território, José Ángel Antelo, deverá chegar ao local”, acrescentaram.

Foram declarados três dias de luto na cidade de Múrcia pelos “mortos no incêndio ocorrido na boate Teatre de Atalayas”, disse o prefeito de Múrcia, José Ballesta, no X.

No local vizinho Palacio de los Deportes foi instalada uma área de informação para familiares das vítimas, onde uma equipe de psicólogos será encarregada de prestar assistência.

Bombeiros de Murcia, na Espanha, combatem incêndio em boate / Bombeiros de Murcia

Fonte: CNN

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp