Hip Hop Solidário ocorre neste sábado na Zona Norte de Caxias do Sul

Programação gratuita, que inclui batalhas de rimas, grafitti e música, inicia às 14h, na EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves

Publicado por
17:00 - 12/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Hip Hop Solidário ocorre neste sábado na Zona Norte de Caxias do Sul

Fluência Casa Hip Hop é uma das apoiadoras do projeto | Foto: Fluência Casa Hip Hop/divulgação

Sábado (15) é dia de Hip Hop Solidário na EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves, no bairro Belo Horizonte, em Caxias do Sul. A edição, denominada ZONA NORTE — ONDE A ARTE VIVE, vai ocorrer das 14h às 18h. A organização é da Unidade de Arte e Cultura Popular da prefeitura.

A programação gratuita inclui a Batalha Kids Fluência, a Batalha do Complexo, pocket shows com Banca – Ódio + Amor e Família UZN, encontro de Graffiti com Studio Santa Lata e convidados, intervenção do Projeto Skate no Horizonte e a participação de Dj MN, Dj Rock Kramer e Dj Pi, alunos das oficinas da Casa Fluência Hip Hop.

Ainda, terá distribuição de pipoca e algodão doce para crianças, e será oferecido corte de cabelo. O público é convidado a contribuir com a doação de alimentos não perecíveis, que serão destinados ao Banco de Alimentos da cidade.

O Hip Hop Solidário é um projeto da Secretaria Municipal da Cultura que ocorre nos meses de junho, julho e agosto. Em cada região da cidade, a programação é produzida por curadores locais, com o intuito de fomentar e valorizar a produção artística e periférica.

Serviço

O quê: Hip Hop Solidário: ZONA NORTE – ONDE A ARTE VIVE;

Quando: Sábado, 15 de junho;

Horário: 14h às 18h;

Onde: EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves (Rua dos Sapateiros, nº 37, Bairro Santa Fé – Loteamento Belo Horizonte;

Entrada: Gratuita. É sugerida doação de 1kg de alimento não perecível;

Realização: Prefeitura de Caxias do Sul (Secretaria Municipal da Cultura) em parceria com a Banca – Ódio + Amor, Batalha do Complexo, Fluência Casa Hip Hop, Skate no Horizonte e Studio Santa Lata, com a curadoria e produção de Andrigo Martins e apoio da EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves.

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp