HG vai receber 40 de 799 leitos emergenciais anunciados pelo Ministério da Saúde para o Estado

Titular da pasta, Nísia Trindade afirmou, nesta quinta-feira (6), que as acomodações devem operar por um período de seis meses

Publicado por
10:30 - 07/06/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
HG vai receber 40 de 799 leitos emergenciais anunciados pelo Ministério da Saúde para o Estado

Foto: Bruno Zulian / Divulgação

Em visita ao Vale do Taquari com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira (6), a ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou o repasse de R$ 64,4 milhões para a implantação de 799 leitos — 679 clínicos e 120 pediátricos — no Rio Grande do Sul. Deste total, 40 unidades beneficiarão o Hospital Geral (HG), de Caxias do Sul. Nísia afirmou que as acomodações devem operar por um período de seis meses, em caráter emergencial, para apoio à reconstrução do Estado.

“Após todo um plano feito com o estado e os municípios, nós concluímos o processo de leitos emergenciais, cuja portaria sairá hoje (quinta-feira). São 799 leitos clínicos e pediátricos. São leitos emergenciais por um período de seis meses para que nós possamos organizar a fase da reconstrução”, garantiu a ministra.

Entretanto, não foi detalhado o prazo para a abertura dos leitos temporários. Na manhã desta sexta (7), o diretor-geral do HG, Sandro Junqueira, relatou que aguarda a portaria ministerial para detalhar as ações da instituição em relação a medida anunciada.

Nísia divulgou, ainda, que o governo federal destinará R$ 75,7 milhões para incremento dos atendimentos de média e alta complexidade (Mac) no Estado, incluindo unidades de assistência, acolhimento, suporte básico do Samu, além de CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) e equipes multiprofissionais. O pacote, que totaliza R$ 269,3 milhões, conta com o envio de 30 ambulâncias.

Presidente Lula e ministros Nísia Trindade (Saúde), Waldez Góes (Desenvolvimento Regional) e Paulo Pimenta (Reconstrução do RS) | Foto: Ricardo Stuckert/divulgação

 

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp