Governo do RS lança plano para microchipagem e castração de 20 mil animais após enchentes

Objetivo principal é facilitar o reencontro dos pets com seus tutores após a catástrofe climática que atingiu o Estado

Publicado por
14:02 - 31/05/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Governo do RS lança plano para microchipagem e castração de 20 mil animais após enchentes. (Foto: Thales Ferreira / Prefeitura de São Leopoldo)

Governo do RS lança plano para microchipagem e castração de 20 mil animais após enchentes. (Foto: Thales Ferreira / Prefeitura de São Leopoldo)

O governo do Rio Grande do Sul anunciou uma iniciativa ambiciosa para cuidar dos animais afetados pelas recentes enchentes no Estado. O Plano Estadual de Ações de Resposta à Fauna, lançado nesta sexta-feira (31), no Centro Administrativo de Contingência (CAC) em Porto Alegre, prevê a microchipagem e a castração de 20 mil animais.

O objetivo principal é facilitar o reencontro dos animais com seus tutores após a catástrofe climática. Segundo dados atualizados hoje pela Defesa Civil Estadual, ao menos 12.527 animais foram resgatados desde o início das enchentes. Além disso, 390 abrigos estão em operação no RS para cuidar desses animais.

O cadastro e a microchipagem dos animais ocorrerão através do aplicativo Animall Tag, atualmente em fase de homologação. A gestão das adoções será realizada pelas plataformas Arcanimal e Pets RS. O processo conta também com o apoio de instituições de ensino como UFRGS, UniRitter, Ulbra e Feevale.

Durante o lançamento do plano, o governador Eduardo Leite destacou a importância da iniciativa para a população gaúcha. “A situação dos animais atingidos pelas chuvas sensibiliza bastante o povo gaúcho. Isso tudo ainda deixará um legado maior e melhor do cuidado com a causa animal no Rio Grande do Sul,” afirmou o governador.

O plano está dividido em fases. A fase 1, que já está em execução, envolve o resgate e a gestão da proteção emergencial dos animais, com apoio da Assessoria Técnica do Grupo de Resposta a Animais em Desastres (Grad) através de um termo de cooperação.

A fase 2 inclui um pacote de ações para animais domésticos e domesticados, silvestres e de produção, de todos os portes. Entre as medidas, além da microchipagem e castração, será lançado um manual de boas práticas para cuidados em abrigos.

O governo do RS também está lançando o WhatsApp da Causa Animal: (51) 99486-5180. Através deste canal, a população poderá obter informações sobre doações e saber como se voluntariar para ajudar na causa.

*Com informações de CP

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp