Garibaldi decreta situação de emergência devido às fortes chuvas

O município registrou deslizamentos de terra, inundações de imóveis, interrupção de estradas, danificação da pavimentação de vias urbanas e rurais, entupimento de bueiros e danificação de plantações

Publicado por
08:17 - 23/11/2023

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp

(Foto: Laura Kirchhof)

A Prefeitura de Garibaldi publicou nesta quarta-feira (22) o Decreto n.º 4.861 para situação de emergência devido ao volume excessivo de chuvas que atingiram o município nos últimos dias.

Foram registrados deslizamentos de terra, inundações de imóveis, interrupção de estradas, danificação da pavimentação de vias urbanas e rurais, entupimento de bueiros e danificação de plantações em uma significativa parcela do território municipal, ocasionando situações de riscos irreparáveis ou de difícil reparação.

Além disso, foram causados danos na rede elétrica, com a queda de diversos postes e rompimento de fios de energia, além de problemas no abastecimento de água, que perduram até o momento.

Segundo o documento, assinado pelo prefeito em exercício, Valério Mayer, a partir desta data fica autorizada a mobilização de todos os órgãos do poder público municipal para atuar nas ações de resposta à situação de emergência e reabilitação dos locais afetados.

Dentre outras medidas, fica permitida a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e a realização de campanhas de conscientização e arrecadação de recursos junto à comunidade com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pela situação de emergência.

O Decreto, que tem validade de 180 dias a partir desta data, pode ser consultado no link.

LEIA MAIS 
Agricultura de Flores da Cunha tem prejuízo de R$ 70 milhões em função das chuvas

 

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp