Força Aérea prepara o reinício das operações do Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre

Objetivo é garantir uma retomada gradual e segura das atividades no aeroporto, priorizando ações operacionais, técnicas e administrativas

Publicado por
15:40 - 06/07/2024

Compartilhar:

Facebook Twitter Whatsapp
Força Aérea prepara o reinício das operações do Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre. (Foto: FAB)

Força Aérea prepara o reinício das operações do Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre. (Foto: FAB)

A Força Aérea Brasileira (FAB), através do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), está se preparando para reiniciar as operações no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. O objetivo é garantir uma retomada gradual e segura das atividades no aeroporto, priorizando ações operacionais, técnicas e administrativas.

Dentre as iniciativas planejadas pelo DECEA, destacam-se o restabelecimento do serviço de Torre de Controle, que inclui a reativação do suprimento de energia principal e secundária, dos meios de comunicação, das estações meteorológicas de superfície e da climatização. Essas medidas são essenciais para permitir a retomada das operações de aproximação, pouso e decolagem.

(Foto: FAB / Divulgação)

A retomada das operações aéreas no Aeroporto Salgado Filho será realizada de forma planejada, coordenada e em fases. Inicialmente, serão permitidas operações visuais diurnas com aeronaves gerais e helicópteros. Em seguida, será possível operar visualmente à noite, assim que os meios de balizamento e luzes forem recuperados. A fase final incluirá operações completas, tanto visuais quanto por instrumentos, diurnas e noturnas, utilizando auxílios de precisão.

A coordenação do DECEA com outros órgãos e entidades será fundamental para assegurar que todas as operações sejam retomadas de forma segura e eficiente. Paralelamente, o DECEA continuará aperfeiçoando o controle do espaço aéreo para a utilização da pista da Base Aérea de Canoas como alternativa ao Aeroporto Salgado Filho.

Já foram implementadas importantes ações, como a transferência do Serviço de Informação de Voo e do Serviço de Controle de Tráfego Aéreo não radar para a Base Aérea de Canoas. Isso foi possível devido à integração civil e militar, garantindo uma transição segura para a continuidade das operações aéreas. Em maio, um radar transportável foi instalado, permitindo a retomada das operações radar na Terminal de Porto Alegre e aumentando a consciência situacional de controladores e pilotos.

Além disso, em julho, será instalado um radar secundário no Aeroporto de Caxias do Sul, ampliando a cobertura radar da região Sul do país.

Compartilhe nas suas redes

Facebook Twitter Whatsapp